app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5750
Internacional

Mundo

ISRAEL DESTRÓI CASAS NA FAIXA DE GAZA Gaza - Forças israelenses destruíram oito casas de palestinos, ontem, em um ataque na faixa de Gaza. Entre as casas destruídas  estava a da família de um militante morto. Houve troca de tiros entre soldados israelens

Por | Edição do dia 13/09/2002 - Matéria atualizada em 13/09/2002 às 00h00

ISRAEL DESTRÓI CASAS NA FAIXA DE GAZA Gaza - Forças israelenses destruíram oito casas de palestinos, ontem, em um ataque na faixa de Gaza. Entre as casas destruídas  estava a da família de um militante morto. Houve troca de tiros entre soldados israelenses e atiradores palestinos quando tanques e tratores entraram no bairro de Shijaia, ao leste da cidade de Gaza. Um palestino ficou gravemente ferido, segundo autoridades palestinas. A demolição de casas se tornou uma medida israelense para conter a Intifada palestina, que já dura dois anos, pela independência da Cisjordânia e da faixa de Gaza. Os israelenses esperam deter os militantes palestinos, que também usam ataques suicidas. MULÁ OMAR Islamabad - O presidente do Afeganistão, Hamid Karzai,  atribuiu ao regime deposto Talibã o atentado que sofreu na  semana passada e disse que o  líder do grupo, mulá Mohammad Omar, está vivo e será  capturado. Em uma entrevista  exibida, ontem, pela rede de televisão CNN, Karzai afirmou não saber se Osama bin Laden – a quem se atribuem os ataques de 11 de setembro de 2001 contra os Estados Unidos – está vivo, mas declarou que, caso isso seja verdade, ele não poderá se esconder para sempre. EXPLOSÃO Abis Abeba - Uma explosão em um pequeno hotel em Adis Abeba, capital da Etiópia, deixou um morto e 38 feridos ontem, durante as comemorações do Ano Novo etíope, afirmou, ontem, a polícia, que não esclareceu a causa da explosão. Segundo testemunhas, o incidente aconteceu às 21h15 (15h15 em Brasília) em um bairro muito movimentado de Adis Abeba. A explosão ocorreu no dia das comemorações da chegada do ano de 1995 na Etiópia – os etíopes utilizam o calendário juliano em lugar do gregoriano.

Mais matérias
desta edição