app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Internacional

Col�mbia pede ajuda do mundo contra o tr�fico

Nova Iorque – O presidente da Colômbia, Alvaro Uribe, implorou à comunidade internacional que cumpra seu compromisso com a guerra ao terrorismo agindo contra o comércio ilegal de narcóticos e congelando os bens de pessoas que financiam  atos extremistas e

Por | Edição do dia 14/09/2002 - Matéria atualizada em 14/09/2002 às 00h00

Nova Iorque – O presidente da Colômbia, Alvaro Uribe, implorou à comunidade internacional que cumpra seu compromisso com a guerra ao terrorismo agindo contra o comércio ilegal de narcóticos e congelando os bens de pessoas que financiam  atos extremistas em seu país. Ele  fez o apelo à Assembléia Geral da ONU (Organização das Nações Unidas) dizendo que há 38 anos guerrilheiros de esquerda, grupos paramilitares de direita e Forças Armadas se enfrentam na Colômbia. “Pedimos a assistência do mundo para resolver isso”, disse Uribe, após afirmar que a crise na Colômbia é um potencial risco para a estabilidade democrática na região. Com proteção das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) a cerca de 300.000 produtores de coca, o país tornou-se o maior produtor da droga no mundo. Isso permite aos rebeldes arrecadar US$100 milhões por ano com dinheiro proveniente da cocaína, dizem autoridades. “Não podemos continuar com ações e decisões tímidas, pela metade. Enquanto debatemos sem parar, mais drogas são plantadas e vendidas pelo terrorismo”, disse Uribe. “Exigimos cooperação efetiva porque a violência...é financiada através do comércio mundial de drogas e é realizada com armas que não são feitas na Colômbia”, disse Uribe, que teve o pai morto por guerrilheiros das Farc e venceu a eleição prometendo jogar duro com os rebeldes de esquerda.

Mais matérias
desta edição