app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5750
Internacional

Acidente de �nibus mata pelo menos 50 argentinos

Buenos Aires e Salvador – Pelo menos 50 pessoas, incluindo várias crianças, morreram na queda de um ônibus de passageiros em um precipício na noite de domingo na Argentina. A maioria dos 70 ocupantes do coletivo era de peregrinos religiosos, informou a

Por | Edição do dia 17/09/2002 - Matéria atualizada em 17/09/2002 às 00h00

Buenos Aires e Salvador – Pelo menos 50 pessoas, incluindo várias crianças, morreram na queda de um ônibus de passageiros em um precipício na noite de domingo na Argentina. A maioria dos 70 ocupantes do coletivo era de peregrinos religiosos, informou a polícia. Anteriormente, a polícia tinha estimado que havia 60 passageiros, mas depois descobriu que várias pessoas estavam viajando de pé. O acidente aconteceu por volta das 22h (23h em Brasília), perto de La Merced, na Província andina de Catamarca, cerca de 1.100 km a noroeste de Buenos Aires, declarou a polícia. O ônibus caiu cerca de 30 metros, afirmou a polícia. “O motorista perdeu controle do veículo por causa de uma falha nos freios. Era um grande ônibus, que foi completamente destruído”, disse Julio Diaz, subsecretário de segurança da Província de Tucuman, à rádio local. Segundo Diaz, 50 pessoas morreram no acidente. A juíza responsável pela investigação do caso, Maria del Milagro Vega, declarou que 20 pessoas ficaram feridas. “Há muitas crianças entre os mortos”, afirmou Juan Carlos Sanchez Reinoso, diretor do hospital San Juan Batista, à rádio local. A maioria dos passageiros era formada por pensionistas que voltavam para casa de uma peregrinação a uma igreja na Província vizinha, onde eles foram rezar à Virgem do Vale. Explosão Em Candeias, na Bahia, três operadores morreram em uma explosão na unidade de produção de gás natural da Petrobras na noite de domingo. A empresa informou que a linha de gás natural estava sendo operada por Divaldo Jorge de Oliveira Ferreira, 42, Edilberto Lima Alves, 37, e José Carlos Nogueira, 39, quando houve uma explosão sem incêndio envolvendo gasodutos de chegada na unidade. Ferreira e Alves morreram no local. Nogueira foi socorrido, mas não resistiu. Segundo a Petrobras, o serviço social da companhia foi acionado para dar assistência às famílias das vítimas. A linha transporta gás natural dos poços de Catu para a unidade em Candeias, onde é processado e especificado para ser distribuído a consumidores industriais e de combustíveis automotivos. A Petrobras informou que constituiu uma comissão formada por representantes das áreas de Segurança, Meio Ambiente e Saúde e do Ativo de Processamento e Movimentação de Gás para apurar as causas do acidente. As atividades da unidade  de produção de gás natural foram suspensas e não há previsão  de retorno.

Mais matérias
desta edição