app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Internacional

Presidente russo rejeita novas exig�ncias da ONU ao Iraque

Moscou – O presidente russo, Vladimir Putin, pediu ontem uma solução política para a crise iraquiana através de resoluções existentes da ONU (Organização das Nações Unidas) “Somos a favor de uma rápida solução da situação sobre o Iraque com base em resolu

Por | Edição do dia 27/09/2002 - Matéria atualizada em 27/09/2002 às 00h00

Moscou – O presidente russo, Vladimir Putin, pediu ontem uma solução política para a crise iraquiana através de resoluções existentes da ONU (Organização das Nações Unidas) “Somos a favor de uma rápida solução da situação sobre o Iraque com base em resoluções existentes do Conselho de Segurança da ONU, e de acordo com  os princípios e normas da lei internacional”, afirmou o presidente. Os Estados Unidos pressionam por uma nova resolução da ONU que incluiria uma linguagem mais dura sobre como o líder iraquiano Saddam Hussein enfrentaria sérias conseqüências se não permitisse a inspetores de armas proceder com seu trabalho sem restrições. Ataque A televisão estatal iraquiana disse ontem que aviões norte-americanos e britânicos lançaram na noite de quinta-feira um ataque sobre o aeroporto civil da cidade portuária de Basra (sul do Iraque), danificando o sistema de radares e o prédio principal. “Aviões norte-americanos e britânicos lançaram uma nova agressão ao atacarem o aeroporto internacional de Basra”, disse a emissora de TV, citando um porta-voz oficial iraquiano, que não mencionou a existência de vítimas. “O objetivo do ataque era destruir o principal sistema de radares no aeroporto e danificar o prédio principal.” Um funcionário do Pentágono cofirmou que houve um ataque aéreo na madrugada de ontem, mas não deu mais detalhes sobre o incidente. Aviões britânicos e norte-americanos patrulham duas zonas de exclusão aérea estabelecidas nas regiões sul e norte do Iraque depois da Guerra do Golfo, em 1991. Alerta No Kuait, o governo adotou um sistema de pré-alerta para detectar armamentos nucleares, bacteriológicos e químicos do tipo NBC, como uma das medidas tomadas para se defender em caso de uma represália iraquiana a um eventual ataque norte-americano, afirmou ontem uma autoridade kuaitiana. Ele disse também que mísseis norte-americanos Patriot foram deslocados para o redor das bases aéreas do país. “Posso confirmar que temos bastante Patriots para nos defender”, advertiu. “Isto faz parte das medidas adotadas para defender e proteger os habitantes do país”, acrescentou a autoridade, que pediu anonimato. Segundo uma fonte militar kuaitiana, os Estados Unidos entregarão outros Patriots para as baterias de mísseis já deslocadas nas principais instalações militares no Kuait. As bases kuaitianas, onde estão estacionadas tropas norte-americanas e britânicas, também estão equipadas com sistemas de detecção NBC, segundo a fonte. Quase 10 mil militares norte-americanos estão no Kuait.

Mais matérias
desta edição