app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Internacional

Mundo

ACIDENTE MATA 37 NA GUATEMALA Guatemala - Cerca de 37 pessoas devem ter morrido em um acidente com um ônibus que viajava da Guatemala para a região da fronteira com o México, depois de cair de um penhasco de 250 metros, disseram, ontem, autoridades locai

Por | Edição do dia 01/10/2002 - Matéria atualizada em 01/10/2002 às 00h00

ACIDENTE MATA 37 NA GUATEMALA Guatemala - Cerca de 37 pessoas devem ter morrido em um acidente com um ônibus que viajava da Guatemala para a região da fronteira com o México, depois de cair de um penhasco de 250 metros, disseram, ontem, autoridades locais. Venancio Salazar, porta-voz  dos bombeiros do departamento de Huehuetenango, afirmou que as equipes de resgate haviam recuperado 11 corpos e estima-se que, pelo menos, outros 26 estejam presos no veículo. A brigada calcula que cerca de 40 pessoas viajavam no ônibus, embora o total de vítimas fatais possa ser maior, pois a empresa do ônibus estimou que havia 55 pessoas a bordo no momento do acidente. BUNGEE JUMP Vancouver - Um homem foi condenado, ontem, a uma pena  depois de tentar, sem sucesso,  fazer “bungee jump” (saltar em queda livre atado a um cabo longo flexível) de uma ponte até o convés de um navio de passageiros em Vancouver, Canadá. O  homem calculou errado a velocidade do navio e sofreu ferimentos na cabeça, depois de bater na quadra de tênis e no parapeito do convés e ficar pendurado no ar enquanto o navio se afastava. Segundo a polícia, o homem pretendia pular da ponte Lions Gate, parar pouco acima do navio em movimento e em seguida descer um pouco mais até chegar ao convés. REBELIÃO Nova York - As tropas que lutam para derrubar o governo  da Costa do Marfim formam  uma “rebelião anônima” armada e financiada por fontes estrangeiras ainda não identificadas, afirmou, ontem, o enviado do país para a Organização das Nações Unidas (ONU). “É um tipo de rebelião sem face. Não podemos identificar nomes de líderes”, afirmou o embaixador Djessan Philippe Djangone-Bi na central da ONU. Mais de 300 pessoas morreram nos conflitos e assassinatos em muitas partes do país desde uma tentativa fracassada de golpe, em 19 de setembro, no país que é o maior produtor mundial de cacau. CONFRONTOS MATAM 11 NA CAXEMIRA Srinagar - Onze pessoas morreram, ontem, na parte indiana da Caxemira, às vésperas da terceira fase das controvertidas eleições regionais nos Estados de Jammu e da Caxemira. Dois supostos rebeldes muçulmanos separatistas morreram quando tentavam atravessar a linha de separação da parte paquistanesa da Caxemira rumo ao distrito de Kupwara, em Jammu e na Caxemira, segundo a polícia. No distrito de Doda, as tropas indianas abateram três supostos rebeldes no povoado de Kiyar e apreenderam “grande quantidade” de armas e explosivos. Outros dois supostos rebeldes armados, um soldado indiano e um civil muçulmano morreram em diferentes enfrentamentos. PAPA VOLTA AO VATICANO APÓS 3 MESES Cidade do Vaticano - O papa João Paulo II regressou, ontem à tarde, ao Vaticano após uma estada de quase três meses em sua residência de verão de Castelgandolfo, em pleno campo, 30 km ao sul da capital. Ele apareceu em ótima forma ao recuperar parte da fala, e renunciou a voltar a Roma às quartas-feiras para a audiência geral. Seguindo os conselhos de seus médicos, o papa de 82 anos, que sofre do mal de Parkinson, passou longos períodos de descanso nos jardins da residência de verão, de onde saía para ler todas as tardes.

Mais matérias
desta edição