app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5692
Internacional

Atirador misterioso

Washington – A polícia dos Estados Unidos afirmou ontem que deve determinar  em breve se um homem morto a tiros em um posto de gasolina de Manassas, na Virginia, foi vítima do atirador misterioso que vem  agindo nos subúrbios de Washington. “A essa altura

Por | Edição do dia 11/10/2002 - Matéria atualizada em 11/10/2002 às 00h00

Washington – A polícia dos Estados Unidos afirmou ontem que deve determinar  em breve se um homem morto a tiros em um posto de gasolina de Manassas, na Virginia, foi vítima do atirador misterioso que vem  agindo nos subúrbios de Washington. “A essa altura, não podemos dizer se este caso está relacionado com aqueles disparos”, afirmou o delegado Charlie Deane, do condado de Prince William. Seus agentes estão trocando informações com a força especial criada para investigar os assassinatos em série. Em uma semana, o franco-atirador matou seis pessoas. Cinco pessoas morreram e uma ficou ferida em Maryland, nos arredores de Washington. Uma pessoa também foi morta na capital, e mais uma ficou ferida em Fredericksburg, Virginia, a cerca de 80 quilômetros de Washington. Deane disse que o disparo de Manassas, que fica a 50 quilômetros de Washi-ngton, aconteceu pouco depois das 20h de ontem (21h de Brasília), quando a vítima acabava de abastecer seu carro. O homem morreu no local, e a polícia está procurando um veículo que estava na área e saiu em seguida. Assim como ocorreu em Manassas, uma das vítimas confirmadas do atirador foi atingida em um posto de gasolina. Outro dos atentados aconteceu à noite. Cada vítima, com idades variando entre 13 e 72 anos, foi atingida com um só tiro. Aparentemente, as vítimas não se conheciam.

Mais matérias
desta edição