app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Internacional

Analista do FBI � mais uma v�tima de atirador misterioso

Washington – Uma analista do FBI que estudava ameaças de ataques terroristas é a mais recente vítima do “atirador de Washington”, elevando para nove o número de pessoas mortas em circunstâncias semelhantes na área da capital americana desde o último dia

Por | Edição do dia 16/10/2002 - Matéria atualizada em 16/10/2002 às 00h00

Washington – Uma analista do FBI que estudava ameaças de ataques terroristas é a mais recente vítima do “atirador de Washington”, elevando para nove o número de pessoas mortas em circunstâncias semelhantes na área da capital americana desde o último dia 2, informou, ontem, a polícia. “Análises forenses ligaram conclusivamente esse caso aos outros assassinatos na área”, afirmou Tom Manger, chefe da polícia do Condado de Fairfax, do qual Church Falls faz parte. Linda Franklin, 47, que morava em Arlington (Virgínia), levou um tiro na cabeça às 21h15 de ontem enquanto ela e seu marido guardavam compras no porta-malas de seu carro diante da loja Home Depot, no estacionamento do shopping center Seven Corners, em Falls Church (Virgínia). Manger declarou que testemunhas deram a investigadores mais detalhes sobre o incidente do que em qualquer dos outros casos. Pela primeira vez, testemunhas afirmaram ter anotado a placa de veículos vistos deixando a cena do crime, afirmou Manger. “Houve informações adicionais que conseguimos obter após o caso, e estou seguro de que essas informações vão nos levar a uma prisão”, ressaltou ele. Manger não quis dizer de qual Estado era a placa, nem se a polícia já tinha uma descrição do atirador. Ele afirmou apenas que várias pessoas entraram em contato com a polícia depois do crime e que investigadores ainda as estavam interrogando. “Estamos recebendo muitas informações de testemunhas”, afirmou. “Informação é sempre a chave para solucionar casos como esse”. A polícia bloqueou estradas ao redor de Falls Church, 16 km a oeste de Washington, depois do crime, e Manger afirmou que investigadores estavam procurando uma van Chevrolet Astro de cor clara, com a lanterna traseira do lado esquerdo sem funcionar e um rack cromado no teto. As estradas foram desbloqueadas, mas nenhuma prisão foi relatada.

Mais matérias
desta edição