app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5718
Internacional

Mundo

CONFLITO DEIXA 10 MORTOS NA CAXEMIRA Srinagar – As forças de segurança indianas mataram, ontem, sete supostos membros da guerrilha muçulmana na parte indiana de Caxemira, onde também morreram dois soldados e um civil. O exército indiano anunciou, ontem,

Por | Edição do dia 19/10/2002 - Matéria atualizada em 19/10/2002 às 00h00

CONFLITO DEIXA 10 MORTOS NA CAXEMIRA Srinagar – As forças de segurança indianas mataram, ontem, sete supostos membros da guerrilha muçulmana na parte indiana de Caxemira, onde também morreram dois soldados e um civil. O exército indiano anunciou, ontem, que matou três supostos rebeldes muçulmanos perto da linha que separa Caxemira em duas partes, uma sob controle indiano e outra sob controle paquistanês. Segundo o comando do Exército, os rebeldes dispararam primeiro e os enfrentamentos continuam. Outros quatro supostos rebeldes foram mortos pelos soldados indianos nos distritos de Pulwama, Baramulla e Doda. ASSASSINATOS Bogotá – Dois padres católicos foram assassinados na Colômbia por grupos armados em  ações separadas, mas relacionadas ao conflito interno que assola o país há 38 anos. O primeiro caso ocorreu no município de Chalán, onde guerrilheiros de esquerda das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) mataram a tiros o sacerdote José Luis Cárdenas, 30. A outra vítima foi o padre Gabriel Arias Posada, 66, vigário geral da Diocese de Armênia, que foi assassinado junto com seu motorista perto do vilarejo de Anserma, a 170 km de Bogotá. RISCO NO AR Monterrey – Dois aviões de combate norte-americanos Super Hornets F18, com quatro  pilotos a bordo, chocaram-se  em pleno vôo e caíram sobre o  Oceano Pacífico, 120 km a sudoeste de Monterrey (Califórnia, sudoeste dos EUA), segundo comunicado do comando da  frota do Pacífico. De acordo  com a nota, “às 9h40 locais (13h40 de Brasília), dois F/A-18F Super Hornets com base em Lemoore caíram ao mar”. “A guarda-costeira lançou operações de busca para socorrer os tripulantes”, informou a nota. CUBA DESMENTE APOIO A GUERRILHEIROS Havana – Cuba desmentiu, ontem, que apóia grupos guerrilheiros na Colômbia, e reiterou sua disposição para que cheguem a um final feliz nas conversações de paz entre os rebeldes de esquerda e o  novo governo do andino. Havana foi novamente cenário para negociações entre o governo do presidente Álvaro Uribe com o Exército de Libertação Nacional (ELN), a segunda força guerrilheira da Colômbia. GRUPO PLANEJA TRANSIÇÃO PÓS-CHÁVES Cracas – Grupos representantes da oposição venezuelana assinaram, ontem, um documento com princípios para um governo  de transição após a eventual queda do presidente Hugo Chávez,  como os opositores desejam. Com a assinatura do documento, a oposição rejeitou uma declaração elaborada por Organização dos Estados Americanos (OEA), Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e Centro Carter.

Mais matérias
desta edição