app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5717
Internacional

Mundo

EXPLOSÃO EM MINA MATA 15 NA CHINA Pequim - A explosão em uma mina de carvão no norte da China deixou 15 mortos e 29 desaparecidos, segundo o último balanço divulgado pelas autoridades chinesas, no início da noite de ontem.  Oito pessoas foram salvas da m

Por | Edição do dia 25/10/2002 - Matéria atualizada em 25/10/2002 às 00h00

EXPLOSÃO EM MINA MATA 15 NA CHINA Pequim - A explosão em uma mina de carvão no norte da China deixou 15 mortos e 29 desaparecidos, segundo o último balanço divulgado pelas autoridades chinesas, no início da noite de ontem.  Oito pessoas foram salvas da mina de carvão de Zhujiadian, na província de Shanxi, depois da explosão, ocorrida na madrugada da última quarta-feira, indicou um porta-voz da província. Os responsáveis da mina e as autoridades da província estão no local, informou a agência. A indústria mineradora chinesa é uma das mais perigosas do mundo, segundo especialistas estrangeiros. CAXEMIRA Srinagar - Nove pessoas morreram, ontem, no Estado indiano da Caxemira, informou a  polícia. Supostos membros da  guerrilha mataram um integrante da Conferência Nacional, um partido político pró-indiano. Dois rebeldes muçulmanos e um soldado indiano foram mortos no norte e outro soldado e um civil ficaram feridos durante um ataque a um acampamento militar perto de Srinagar. A polícia indiana matou três rebeldes muçulmanos no distrito de Anantnag e um civil muçulmano foi decapitado no distrito de Budgam (centro). COLISÃO Sydney - Ao menos quatro pessoas morreram e 13 ficaram feridas na colisão de um trem com um ônibus e dois automóveis, ontem, numa passagem nas proximidades da cidade de Adelaide (sul da Austrália), afirmaram os meios de  comunicação. O trem de passageiros, que se dirigia para o norte de Adelaide, chocou-se primeiro com os carros, antes de ser atingido, por sua vez, pelo ônibus, que levava principalmente estudantes. Segundo as redes de tevê, no mínimo quatro pessoas morreram na hora e 13 ficaram feridas. HELICÓPTERO CAI E MATA 4 NA COLÔMBIA Bogotá - Pelo menos quatro policiais da divisão antidrogas da Colômbia morreram, ontem, depois que o helicóptero UH 1 H, doado pelos EUA, em que viajavam caiu nos Andes em meio a um nevoeiro. Dois outros policiais que estavam a bordo do helicóptero no momento foram dados como desaparecidos e as autoridades temem que eles possam estar mortos. Não há informações de fogo na área. O acidente aconteceu 170 quilômetros a oeste da capital Bogotá, nas montanhas centrais dos Andes, na região cafeeira de Quindio. PADRE É ACUSADO DE ABUSO SEXUAL Buenos Aires - Um padre argentino, que dirige uma fundação de assistência a crianças pobres, foi preso, ontem, depois de ter sido denunciado por um jovem por suposto abuso sexual. É o segundo caso deste tipo na Argentina em menos de um mês. O padre Julio Grassi apresentou-se voluntariamente na última terça-feira perante os tribunais, depois que uma investigação feita por um jornal mostrou diferentes testemunhas acusando-o de suposto abuso sexual de menores.

Mais matérias
desta edição