app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Internacional

Ex-agente � punido por revelar torturador

São Paulo, SP – A Justiça dos Estados Unidos condenou ontem um ex-agente da CIA (Agência Central de Inteligência) a 30 meses de prisão por vazar informações sigilosas do órgão. Em 2007, ele revelou o nome de um agente envolvido em tortura contra presos

Por | Edição do dia 26/01/2013 - Matéria atualizada em 26/01/2013 às 00h00

São Paulo, SP – A Justiça dos Estados Unidos condenou ontem um ex-agente da CIA (Agência Central de Inteligência) a 30 meses de prisão por vazar informações sigilosas do órgão. Em 2007, ele revelou o nome de um agente envolvido em tortura contra presos da base de Guantánamo. John Kiriakou, 48, é o primeiro funcionário do órgão punido em 27 anos por violar a chamada Lei de Proteção de Identidades da Inteligência, sobre o sigilo dos nomes dos funcionários ativos do órgão. A prisão foi a sexta de agentes do órgão que vazaram informações da CIA à imprensa desde o início do governo Barack Obama. Kiriakou foi agente da entidade entre 1990 e 2004 e participou das maiores operações realizadas após os ataques de 11 de setembro de 2001. Em março de 2002, ele liderou o grupo que prendeu Abu Zubaydan, suspeito de participar da cúpula da rede terrorista Al Qaeda.

Mais matérias
desta edição