app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Internacional

Detona��o foi feita � dist�ncia

Boston, EUA – Autoridades norte-americanas falaram à agência Associated Press que explosivos foram detonados por um dispositivo remoto durante maratona em Boston, que matou três pessoas e feriu mais de 260. Duas autoridades disseram ontem que as bombas

Por | Edição do dia 25/04/2013 - Matéria atualizada em 25/04/2013 às 00h00

Boston, EUA – Autoridades norte-americanas falaram à agência Associated Press que explosivos foram detonados por um dispositivo remoto durante maratona em Boston, que matou três pessoas e feriu mais de 260. Duas autoridades disseram ontem que as bombas não eram muito sofisticadas. Ambos falaram em condição de anonimato por não estarem autorizados a informar sobre as investigações publicamente. Ainda não está claro o que foi usado como dispositivo de detonação. Os investigadores suspeitam que Dzkokhar Tsarnaev, um dos acusados que está internado em hospital, tenha detonado as bombas com um celular – ele foi visto usando um minutos antes da primeira explosão. Em zonas de guerra, é comum o uso de celulares como dispositivos de bombas. Dzkokhar está em estado ‘favorável’, mas até agora só se comunicou com o FBI no domingo (21) por escrito, porque ainda não consegue falar. O FBI levanta possibilidades dos irmãos chechenos terem sido influenciados por radicais islâmicos. Ontem, um membro da família dos acusados disse em depoimento que Tamerlan tinha um amigo islâmico que o influenciava para o lado mais extremista do Islã.

Mais matérias
desta edição