app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5754
Internacional

Escritor � condenado por questionar o Islamismo

Teerã e Londres – O escritor e jornalista reformista iraniano Hachem Aghajari, politicamente ligado ao presidente Mohammad Khatami, foi condenado à morte por ter “insultado os profetas” e questionado os dogmas islâmicos, informou ontem seu advogado Saleh

Por | Edição do dia 08/11/2002 - Matéria atualizada em 08/11/2002 às 00h00

Teerã e Londres – O escritor e jornalista reformista iraniano Hachem Aghajari, politicamente ligado ao presidente Mohammad Khatami, foi condenado à morte por ter “insultado os profetas” e questionado os dogmas islâmicos, informou ontem seu advogado Saleh Nikbaj. O advogado disse que o tribunal da cidade de Hamedan (oeste) emitiu a sentença anteontem. Aghajari é membro da esquerdista e secular Organização dos Mujahidins da Revolução Islâmica (OMRI) e muito ligado ao presidente reformista Khatami. Ele foi detido em agosto depois de ter dito em um discurso que os muçulmanos não deveriam seguir “cegamente” os líderes religiosos e pediu a “renovação religiosa” do Islã xiita. Mordomo de Dina O ex-mordomo da realeza britânica Paul Burrell atacou a família da princesa Diana em entrevista publicada ontem, classificando-a de hipócrita, boca suja e invejosa. Burrell falou da família Spencer depois de ter sido absolvido no julgamento em que era acusado de roubar pertences de Diana. O caso foi encerrado na semana passada quando revelações da rainha Elizabeth 2ª anularam os argumentos da promotoria. A rainha revelou que em 1997 o mordomo disse a ela que estava disposto a preservar algumas coisas de Diana. Os promotores afirmavam que Burrell não havia contado a ninguém dessa apropriação. O ex-mordomo lançou sua vingança contra a família de Diana na última parte da série de entrevistas “O Que o Mordomo Disse”, publicadas no tablóide sensacionalista “Daily Mirror”. Ele menosprezou a oração de Earl Spencer no funeral da irmã. “Meu estômago virou. Eu pensei: ‘Será que sou o único aqui a pensar que ele é um hipócrita?’”. Burrell direcionou seu ataque ao mausoléu onde o corpo de Diana foi enterrado na propriedade da família.

Mais matérias
desta edição