app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5714
Internacional

Mundo

TROPAS ALEMÃES NÃO VÃO ATACAR IRAQUE Berlim – As manobras de 250 soldados e tanques da Alemanha, no Kuait, não fazem parte de preparativos para um ataque  contra o Iraque, garantiu, ontem, o chanceler federal alemão,  Gerhard Schröder. Seu governo acha q

Por | Edição do dia 28/02/2002 - Matéria atualizada em 28/02/2002 às 00h00

TROPAS ALEMÃES NÃO VÃO ATACAR IRAQUE Berlim – As manobras de 250 soldados e tanques da Alemanha, no Kuait, não fazem parte de preparativos para um ataque  contra o Iraque, garantiu, ontem, o chanceler federal alemão,  Gerhard Schröder. Seu governo acha que não há razão para uma  ofensiva contra o Iraque, porque não há provas de envolvimento de Bagdá com o terrorismo internacional. “A ação das Forças Armadas da Alemanha (Bundeswehr), no Kuait, não tem nada a ver com um possível ataque dos Estados Unidos ao Iraque”, assegurou o chanceler federal alemão, Gerhard Schröder, em Berlim. PLANO DE PAZ Jerusalém – O príncipe-regente saudita Abdullah ben  Abdel Aziz espera que a Liga Árabe apóie, em encontro no próximo mês, o plano de paz que  apresentou a Israel, disse, ontem, o chefe da diplomacia européia, Javier Solana, depois de se encontrar com o príncipe. “Ele (príncipe) afirmou que está determinado a levar adiante suas idéias as quais ele acha que podem trazer a paz para a região”. TERRORISMO Geórgia – Os EUA planejam enviar forças especiais à ex-república soviética da Geórgia  para abrir uma nova frente na  guerra contra o terrorismo, segundo fontes do governo norte-americano. O deslocamento de  tropas de elite dos EUA tem o objetivo de treinar soldados da Geórgia no combate de militantes da Al Qaeda que se refugiaram em uma região montanhosa do país. CONFRONTOS MATAM 27 NO NEPAL Katmandu – Pelo menos 27 rebeldes maoístas morreram, ontem, durante enfrentamentos com o Exército e a polícia no  oeste do Nepal, elevando para mais de 400 o número de mortos  em dez dias, declarou o Ministério da Defesa. “Durante uma  operação do Exército ocorreram enfrentamentos no distrito de Kalikot (oeste do Nepal), onde oito rebeldes morreram”, afirmou o ministério por meio de um comunicado. Outros quatro morreram em Bajhang (noroeste) e dois em Gorkha (oeste), segundo o comunicado. Além disso, 13 maoístas morreram em outros enfrentamentos no oeste do Nepal. CONFRONTOS MATAM 27 NO NEPAL Katmandu – Pelo menos 27 rebeldes maoístas morreram, ontem, durante enfrentamentos com o Exército e a polícia no  oeste do Nepal, elevando para mais de 400 o número de mortos  em dez dias, declarou o Ministério da Defesa. “Durante uma  operação do Exército ocorreram enfrentamentos no distrito de Kalikot (oeste do Nepal), onde oito rebeldes morreram”, afirmou o ministério por meio de um comunicado. Outros quatro morreram em Bajhang (noroeste) e dois em Gorkha (oeste), segundo o comunicado. Além disso, 13 maoístas morreram em outros enfrentamentos no oeste do Nepal.

Mais matérias
desta edição