app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5731
Internacional

Onda de calor mata mil na China

São Paulo, SP – A forte onda de calor que atinge a Índia desde a semana passada deixou mais de 1.100 mortos até terça-feira (26). Nos últimos dias, as temperaturas se aproximaram dos 50ºC em grande parte do país, incluindo a capital Nova Déli. Segundo as

Por | Edição do dia 28/05/2015 - Matéria atualizada em 28/05/2015 às 00h00

São Paulo, SP – A forte onda de calor que atinge a Índia desde a semana passada deixou mais de 1.100 mortos até terça-feira (26). Nos últimos dias, as temperaturas se aproximaram dos 50ºC em grande parte do país, incluindo a capital Nova Déli. Segundo as autoridades indianas, o estado mais afetado é Andhra Pradesh, no sul do país, onde ocorreram 852 das 1.118 mortes registradas. Na região e no vizinho Telanga, os termômetros marcaram 48ºC durante todo o fim de semana. Houve mortos também nos estados de Orissa e Bengala Ocidental. As autoridades pediram à população que se mantenha hidratada e evite sair de casa o máximo possível. Os hospitais foram mobilizados para receber as vítimas do calor. A maioria das vítimas do calor é pobre e sofre com a falta d'água e de energia elétrica, aumentando o risco de desidratação e hipertermia. Apagões são comuns no país, devido à sobrecarga na rede provocada pelo uso intenso de ventiladores e aparelhos de ar-condicionado. O tempo tem sido mais quente e seco do que o normal nesta época do ano devido a ventos que vêm do Paquistão e sopram pelas planícies centrais indianas.

Mais matérias
desta edição