app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Internacional

Tribunal absolve ex-diretor do FMI

São Paulo, SP – Um tribunal de Lille, na França, absolveu o ex-diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn, 66, de proxenetismo (exploração da prostituição). DSK, como é conhecido, mostrou-se impassível durante a leitur

Por | Edição do dia 13/06/2015 - Matéria atualizada em 13/06/2015 às 00h00

São Paulo, SP – Um tribunal de Lille, na França, absolveu o ex-diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn, 66, de proxenetismo (exploração da prostituição). DSK, como é conhecido, mostrou-se impassível durante a leitura da sentença, e só assentiu com a cabeça quando o juiz o declarou inocente de ter contratado prostitutas para festas em Paris, Bruxelas e Washington. Principal nome do Partido Socialista francês para candidato às eleições presidenciais de 2012, DSK viu sua carreira política desmoronar por causa desse escândalo. Além disso, sua mulher, a apresentadora Anne Sinclair, pediu a separação em 2012. Em 2011, DSK foi acusado de ter participado de festas com prostitutas, organizadas por amigos na França, Bélgica e em Washington, onde está localizada a sede do Fundo Monetário Internacional (FMI), organização que ele comandou de 2007 a 2011. ‡

Mais matérias
desta edição