app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5732
Internacional

Judeu ultraortodoxo esfaqueia seis

São Paulo, SP – Um judeu ultraortodoxo esfaqueou pelo menos seis pessoas que participavam da parada do orgulho gay em Jerusalém ontem. Duas das vítimas foram gravemente feridas. O suposto autor do ataque, Yishai Schlissel, que foi preso no local, acabar

Por | Edição do dia 31/07/2015 - Matéria atualizada em 31/07/2015 às 00h00

São Paulo, SP – Um judeu ultraortodoxo esfaqueou pelo menos seis pessoas que participavam da parada do orgulho gay em Jerusalém ontem. Duas das vítimas foram gravemente feridas. O suposto autor do ataque, Yishai Schlissel, que foi preso no local, acabara de ser libertado após cumprir pena por um crime semelhante em 2005 – quando também feriu, a facadas, três pessoas que participavam da parada gay anual. Segundo testemunhas, os cerca de 5.000 participantes da marcha seguiam por uma avenida quando Schlissel, que estava escondido em um supermercado, saltou em direção à multidão e apunhalou seis pessoas. “Vi um jovem ultraortodoxo esfaqueando todos em seu caminho”, contou Shai Aviyor, testemunha entrevistada pelo canal de televisão israelense Channel 2. “Ouvimos pessoas gritando, todos correram para se proteger e havia pessoas ensanguentadas no chão”, afirmou Aviyor. O médico Hanoch Zelinger, que prestou os primeiros socorros no local, disse que uma mulher foi esfaqueada nas costas, no peito e no pescoço e caiu no chão inconsciente. O porta-voz da polícia de Jerusalém, Asi Ahroni, afirmou que havia uma “presença maciça” de policiais durante a parada, mas que, “infelizmente, o homem conseguiu retirar uma faca e atacar”.

Mais matérias
desta edição