app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5718
Internacional

Documentos de Maluf s�o apreendidos

Genebra – O Ministério Público de Genebra apreendeu documentos bancários do ex-prefeito Paulo  Maluf e de familiares dele  no Citibank da cidade, antes de as autoridades brasileiras pedirem informações  sobre o ex-prefeito à Suíça. Em agosto de 2001, o C

Por | Edição do dia 27/03/2002 - Matéria atualizada em 27/03/2002 às 00h00

Genebra – O Ministério Público de Genebra apreendeu documentos bancários do ex-prefeito Paulo  Maluf e de familiares dele  no Citibank da cidade, antes de as autoridades brasileiras pedirem informações  sobre o ex-prefeito à Suíça. Em agosto de 2001, o Citibank informou ao Escritório de Informações sobre Lavagem de Dinheiro da Suíça que Maluf havia feito movimentações financeiras suspeitas no País. O escritório de Berna, por sua vez, levou o caso ao conhecimento de Jean-Louis Crochet, que era procurador em Genebra. Ele abriu uma investigação preliminar, depois transformada em investigação judicial. Foram obtidas cópias de carta enviada por Crochet ao Brasil, em 11 de setembro, que diz: “Levamos ao conhecimento dos srs. que nossa autoridade, com base em certas informações, decidiu abrir um inquérito preliminar e ordenou a apreensão preventiva de diversos documentos bancários (de Maluf)”. Foi apurado que a apreensão de documentos realmente foi feita. Crochet deixou o Ministério Público. Ele disse que não concederia entrevista sobre o caso.

Mais matérias
desta edição