app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Internacional

Unicef socorre v�timas

A OCHA também abriu um centro de operações em Cabul e centralizou em Islamabad todas os esforços de informação e coordenação, enquanto que a Unicef pôs em funcionamento um escritório móvel para coordenar a ajuda onde for necessário. O representante adjunt

Por | Edição do dia 27/03/2002 - Matéria atualizada em 27/03/2002 às 00h00

A OCHA também abriu um centro de operações em Cabul e centralizou em Islamabad todas os esforços de informação e coordenação, enquanto que a Unicef pôs em funcionamento um escritório móvel para coordenar a ajuda onde for necessário. O representante adjunto do secretário-geral para o Afeganistão, Nigel Fischer, voará hoje à região do terremoto. Foi o segundo grande terremoto a atingir a região neste mês. No dia 3 de março, um tremor de terra provocou um deslizamento em uma vila remota da região, matando mais de 100 pessoas. Byrs explicou que a área é de difícil acesso já que das três estradas que chegam até lá, duas estão bloqueadas por causa dos deslizamentos de terra e a única que resta, até Kilagahi, é bastante complicada. As áreas afetadas estão cerca de 160 quilômetros a leste de Mazar-e-Sharif e para chegar até lá preciso atravessar uma região muito acidentada, a de Hindu Kush. O Afeganistão, envolvido em conflitos há décadas, já enfrenta o impacto de uma longa seca, problemas de segurança e os estragos provocados pelos combates entre as forças lideradas pelos EUA e o movimento Talibã, que governava o país. “Os dados são incompletos. Pelo pouco que sabemos, o terremoto teve conseqüências devastadoras”, afirmou Yusuf Hassan, porta-voz do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (UNHCR).

Mais matérias
desta edição