app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Internacional

TV divulga novas amea�as de Bin Laden em grava��o

Dubai (Catar) – O canal de TV Al-Jazeera, do Qatar, divulgou ontem uma nova gravação atribuída ao chefe da rede terrorista Al-Qaeda, Osama bin Laden, que falou sobre a captura de Saddam Hussein pelo exército norte-americano, no último dia 13 de dezembro.

Por | Edição do dia 06/01/2004 - Matéria atualizada em 06/01/2004 às 00h00

Dubai (Catar) – O canal de TV Al-Jazeera, do Qatar, divulgou ontem uma nova gravação atribuída ao chefe da rede terrorista Al-Qaeda, Osama bin Laden, que falou sobre a captura de Saddam Hussein pelo exército norte-americano, no último dia 13 de dezembro. Na mensagem, dirigida aos muçulmanos e cuja autenticidade ainda não foi confirmada, a suposta voz de Bin Laden faz um novo chamado à guerra santa. “Só podemos dialogar com os ocupantes por meio das armas”, diz a voz, referindo-se à situação no Iraque e nos territórios palestinos. “Os dirigentes da região do Golfo sabem que é chegada a sua hora, após a captura de seu ex-camarada graças à traição e colaboração com a América”, diz a voz, referindo-se a Saddam. A mensagem também cita “conspirações” feitas pelos Estados Unidos contra os muçulmanos. Entre elas, refere-se a um acontecimento recente, a iniciativa de Genebra, um plano de paz israelense-palestino não-oficial apresentado em dezembro. A nova gravação atribuída ao líder da rede terrorista Osama bin Laden é “provavelmente” autêntica, segundo informou em Washington uma autoridade da CIA (agência de inteligência dos EUA). “Após análises técnicas, a avaliação da CIA é de que é provável que seja a voz de Bin Laden”, disse a autoridade, que pediu para não ser identificado. O ministro britânico das Relações Exteriores, Jack Straw, afirmou, em uma entrevista à rádio BBC, que a mensagem parece autêntica. O paradeiro de Bin Laden é desconhecido desde a ofensiva americana contra o Talibã no Afeganistão, em 2001. Os serviços secretos americanos consideram que as gravações divulgadas por diferentes redes de TV árabes desde então são autênticas. A última gravação atribuída a Bin Laden havia sido divulgada pela Al Jazira no dia 18 de outubro.

Mais matérias
desta edição