app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Internacional

Piloto diz que n�o viu problema com Boeing que caiu na Cor�ia

Seul – O piloto chinês do avião que caiu segunda-feira  matando ao menos 124 pessoas na Coréia do Sul disse a investigadores, ontem, que não sentiu nenhum problema com o avião enquanto preparava para aterrissar. O Boeing 767-200 colidiu com uma montanha

Por | Edição do dia 17/04/2002 - Matéria atualizada em 17/04/2002 às 00h00

Seul – O piloto chinês do avião que caiu segunda-feira  matando ao menos 124 pessoas na Coréia do Sul disse a investigadores, ontem, que não sentiu nenhum problema com o avião enquanto preparava para aterrissar. O Boeing 767-200 colidiu com uma montanha enquanto se aproximava do aeroporto de Kimhae – próximo da segunda maior cidade da Coréia do Sul, Pusan – sob forte chuva e intensa ventania. “Ele afirmou que não sentiu nada de anormal com a aeronave”, disseram os investigadores em um comunicado. Eles contaram que o capitão Wu-Xinlu, de 32 anos, falou aos investigadores ontem no hospital em que se encontra internado. Ele sofreu vários ferimentos, mas está passando bem. Em seguida, o Ministério dos Transportes da Coréia do Sul emitiu o comunicado confirmando a mesma versão. Ainda não se sabe a causa do acidente. O Boeing 767-200 da Air China, com 166 pessoas a bordo, se chocou com uma montanha em Busan, quando tentava aterrissar em meio ao mau tempo. Os sobreviventes estavam na parte dianteira da aeronave. O avião ia aterrissar em Busan, procedente de Pequim. “Era uma confusão total”, disse por telefone Oh Kang-seak, funcionário de um hospital que visitou o local do acidente. “É difícil até mesmo caminhar pela área para chegar até a montanha que não é tão alta”.

Mais matérias
desta edição