app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5750
Internacional

Juiz manda tapar a boca de preso com fita

Após uma sucessão de insultos, um juiz da Flórida, nos Estados Unidos, ordenou que fosse colocada uma fita adesiva na boca do assassino confesso Emory Carter, em pleno tribunal, informou o jornal Saint Petersburg Times. Foram necessários seis agentes pen

Por | Edição do dia 28/01/2005 - Matéria atualizada em 28/01/2005 às 00h00

Após uma sucessão de insultos, um juiz da Flórida, nos Estados Unidos, ordenou que fosse colocada uma fita adesiva na boca do assassino confesso Emory Carter, em pleno tribunal, informou o jornal Saint Petersburg Times. Foram necessários seis agentes penitenciários para executar a ordem, já que o réu tentou morder os funcionários do tribunal que tentaram tapar sua boca imediatamente, diz o jornal. Carter chegou ao tribunal  de Largo em uma “cadeira de  força”, que, segundo agentes,  era apenas um pouco menos  rígida do que a usada pelo famoso psicopata Hannibal  Lecter, no filme O silêncio dos inocentes. “Tudo foi feito da maneira apropriada”, justificou o juiz de Largo, Brandt Downey. Prisão perpétua Downey condenou Carter à prisão perpétua no mês passado, por assassinato, mas ordenou sua volta porque esqueceu de lhe perguntar se precisava de um advogado antes de ouvir a sentença e tinha de cumprir esse trâmite. “Precisava fazer apenas uma pergunta e disse para colocarem uma fita adesiva em sua boca”, contou Downey, citado pelo jornal. O juiz garantiu que foi a primeira vez que ordenou uma ação como essa, mas revelou que outros colegas já tomaram medidas parecidas.

Mais matérias
desta edição