app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5709
Internacional

Subida de Lula desvaloriza t�tulos brasileiros nos EUA

Washington – Dois bancos norte-americanos de investimentos – Morgan Stanley e Merrill Lynch – reduziram suas recomendações para os títulos  da dívida externa brasileira. Eles justificaram a decisão citando o crescimento do candidato Luiz Inácio Lula da Si

Por | Edição do dia 30/04/2002 - Matéria atualizada em 30/04/2002 às 00h00

Washington – Dois bancos norte-americanos de investimentos – Morgan Stanley e Merrill Lynch – reduziram suas recomendações para os títulos  da dívida externa brasileira. Eles justificaram a decisão citando o crescimento do candidato Luiz Inácio Lula da Silva nas pesquisas sobre a sucessão presidencial. A nova recomendação para os papéis da dívida brasileira é de “marketweight” (peso do mercado). Antes, a recomendação era “overweight”(acima do peso do mercado). No mercado internacional, o C-Bond, principal título da dívida externa brasileira, foi negociado ontem em queda de 0,16%, a US$ 0,79375. A decisão dos dois bancos não chega a ser uma surpresa para o mercado financeiro. Nas últimas semanas, os títulos da dívida brasileira já eram “castigados”, voltando ao patamar inferior a US$ 0,80. Desde o mês passado, analistas políticos já previam o crescimento de Lula nas pesquisas, devido à exposição televisiva do candidato com o horário da propaganda gratuita. No último dia 26 de março, a Folha On-line  já divulgava essa expectativa  feita por economistas.

Mais matérias
desta edição