app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Internacional

Conflito deixa oito pessoas mortas na �ndia

Ahmedabad e Nova Délhi – Oito pessoas foram mortas no Estado de Gujarat (oeste da Índia) em choque religioso entre hindus  e muçulmanos de minoria, informou ontem a polícia. A violência na área velha de Ahmedabad, a maior cidade de Gujarat, começou depois

Por | Edição do dia 07/05/2002 - Matéria atualizada em 07/05/2002 às 00h00

Ahmedabad e Nova Délhi – Oito pessoas foram mortas no Estado de Gujarat (oeste da Índia) em choque religioso entre hindus  e muçulmanos de minoria, informou ontem a polícia. A violência na área velha de Ahmedabad, a maior cidade de Gujarat, começou depois que hindus se opuseram ao retorno de um grupo de muçulmanos a seus lares de um acampamento de refugiados, a polícia informou. “Um total de oito pessoas foram mortas e cerca de 40 foram feridas desde a tarde de domingo. A cidade está calma e as áreas afetadas foram mantidas sob toque de recolher”, um oficial de polícia revelou. Mais de 850 pessoas, principalmente muçulmanos, morreram numa onda de ataques de vingança depois que um grupo de muçulmanos explodiu uma bomba em um trem, matando 59 ativistas hindus em fevereiro passado. A violência, que atingiu seu ponto mais crítico em março, continuou a atingir Ahmedabad, onde ocorreu o maior número de mortes em uma década. Naufrágio Em Nova Délhi, as autoridades locais disseram que outros 222 cadáveres dos passageiros que viajavam no navio que afundou na sexta-feira (3) ao sul de Bangladesh foram recuperados pelas equipes de resgate, elevando para 278 o número de pessoas que morreram afogadas, disseram ontem fontes médicas. Apesar do mal tempo na região, continuam os trabalhos de resgate no rio Meghna, onde afundou o ferry no meio de uma tempestade, quando navegava da capital, Daca, ao distrito de Patuakhali.

Mais matérias
desta edição