app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5718
Internacional

Mundo

EUA SUSTA AJUDA ANTIDROGA À COLÔMBIA Bogotá – Os EUA suspenderam parte da ajuda prevista pelo Plano Colômbia para a polícia colombiana antinarcóticos, após a descoberta de supostos desvios de recursos. Seis policiais foram  demitidos de seus cargos para

Por | Edição do dia 10/05/2002 - Matéria atualizada em 10/05/2002 às 00h00

EUA SUSTA AJUDA ANTIDROGA À COLÔMBIA Bogotá – Os EUA suspenderam parte da ajuda prevista pelo Plano Colômbia para a polícia colombiana antinarcóticos, após a descoberta de supostos desvios de recursos. Seis policiais foram  demitidos de seus cargos para investigações. Segundo o jornal El Tiempo, de Bogotá, os desvios em compras de materiais chegariam a US$ 2 milhões. O general Gustavo Socha, comandante da polícia antinarcóticos, reconheceu, ontem, que o órgão está investigando possíveis erros de procedimento na aquisição de bens. ATENTADO Trípoli – Uma bomba explodiu em uma lanchonete  norte-americana no norte do  Líbano, ferindo pelo menos  uma pessoa, disseram fontes de segurança, ontem. Segundo as fontes, a bomba de 1,5 quilo, colocada do lado de fora de uma lanchonete da rede KFC na cidade portuária de Trípoli, provocou sérios danos dentro do local e quebrou vidros de janelas de lojas e casas na área. Mahmoud al-Asaad, um guarda da lanchonete, sofreu ferimentos leves na cabeça, disseram as fontes, que ainda não sabem o motivo do ataque. MILOSEVIC Haia – Um ex-oficial do Exército da Iugoslávia apresentou-se, ontem, no julgamento de  Slobodan Milosevic, tornando-se  a primeira testemunha do Exército a ser ouvida em Haia. Nike  Peraj, 55, de origem étnica albanesa, desertou em junho de 1999. Durante depoimento, ele descreveu o relacionamento entre a polícia sérvia, unidades paramilitares e o Exército iugoslavo. “...Foi declarada guerra contra a população albanesa de Kosovo”, disse Peraj. “Não foi declarada abertamente, mas, da maneira como as coisas ocorreram, pode-se dizer isso”, explicou. PEDOFILIA: DOIS PADRES SÃO SUSPENSOS Miami – Dois padres católicos, denunciados por um ex-coroinha por supostos abusos sexuais contra adolescentes nos  anos 70, foram suspensos administrativamente de suas funções,  disse, ontem, um comunicado da arquidiocese de Miami. O ex-coroinha José Currais, atualmente com 45 anos, entrou com uma ação contra os padres Ricardo Castellanos e Alvaro Guichard, afirmando que entre 1971 e 1974 os dois o obrigaram a participar de orgias com outros menores.

Mais matérias
desta edição