app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5730
Internacional

Julgamento de Saddam � suspenso at� 13 de fevereiro

| Folhapress Com agências internacionais O julgamento do ex-ditador iraquiano Saddam Hussein foi adiado ontem para 13 de fevereiro. Saddam não compareceu à corte pelo segundo dia consecutivo, depois do boicote anunciado pela defesa, que exige a renúnci

Por | Edição do dia 03/02/2006 - Matéria atualizada em 03/02/2006 às 00h00

| Folhapress Com agências internacionais O julgamento do ex-ditador iraquiano Saddam Hussein foi adiado ontem para 13 de fevereiro. Saddam não compareceu à corte pelo segundo dia consecutivo, depois do boicote anunciado pela defesa, que exige a renúncia do juiz responsável pelo caso. Na audiência de ontem, nem o ex-ditador nem os outros sete réus estavam presentes. Saddam e outros quatro réus boicotaram a sessão, enquanto os outros três réus foram proibidos pelo juiz Raouf Abdel Rahman de participar da audiência por “causar desordem”. O juiz Raouf Abdel Rahman adiou a sessão após ouvir duas testemunhas. O boicote foi anunciado pela defesa de Saddam e de outros quatro réus antes da audiência de quarta-feira em um comunicado. “Os membros da equipe da defesa decidiram unanimemente não ir ao julgamento enquanto não forem respeitados os requerimentos necessários para um julgamento justo e transparente”, dizia o comunicado da defesa, assinado pelo advogado jordaniano Khalil al Duleimi. CARROS-BOMBA Um total de 16 pessoas morreram e outras 90 ficaram feridas ontem na explosão de dois carros-bomba de forma simultânea em Bagdá, segundo informaram fontes do Ministério do Interior. “O primeiro automóvel explodiu próximo a uma fila de veículos que esperavam para reabastecer em um posto de gasolina localizado no bairro Al Amin”, no sudeste de Bagdá, explicou Salam Khatab, oficial da polícia. “O segundo (carro-bomba) explodiu em um mercado popular da mesma região”, acrescentou o agente. As explosões causaram a destruição de um caminhão cisterna que descarregava combustível no posto de gasolina, por isso vários carros que se encontravam no lugar foram incendiados.

Mais matérias
desta edição