app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Internacional

Ministro russo pede consenso mundial sobre o caso iraniano

| ESTADÃO ONLINE Com agências internacionais O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov, reconheceu na sexta-feira passada que a situação gerada pelo impasse relativo às discussões em torno do programa nuclear iraniano é crítica, por i

Por | Edição do dia 12/03/2006 - Matéria atualizada em 12/03/2006 às 00h00

| ESTADÃO ONLINE Com agências internacionais O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov, reconheceu na sexta-feira passada que a situação gerada pelo impasse relativo às discussões em torno do programa nuclear iraniano é crítica, por isso pediu que União Européia (UE), Estados Unidos e China busquem um consenso. “A situação é crítica por causa da postura do Irã, que nós não aprovamos”, afirmou Lavrov. “Não devemos recorrer ao Conselho de Segurança e começar a fazer ameaças contra o regime iraniano”, acrescentou. Os Estados Unidos, porém, rejeitaram a proposta russa. “O que temos pela frente é bastante claro: o Conselho de Segurança”, declarou a secretária de Estado americana, Condoleezza Rice. No entanto, Rice não descartou novas “reuniões produtivas” dos cinco países membros permanentes do Conselho de Segurança (Estados Unidos, China, Rússia, França e Grã-Bretanha) e da Alemanha.

Mais matérias
desta edição