app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Internacional

San��es sobre Bielo-R�ssia s�o impostas por fraudes eleitorais

| ESTADÃO ONLINE Com agências internacionais Líderes da União Européia (UE) decidiram ontem punir o presidente bielo-russo Alexander Lukashenko, após a realização de eleições vistas amplamente como fraudulentas, anunciando que irão impor “restrições” co

Por | Edição do dia 25/03/2006 - Matéria atualizada em 25/03/2006 às 00h00

| ESTADÃO ONLINE Com agências internacionais Líderes da União Européia (UE) decidiram ontem punir o presidente bielo-russo Alexander Lukashenko, após a realização de eleições vistas amplamente como fraudulentas, anunciando que irão impor “restrições” contra o líder autoritário. Dentre as medidas, foi decretada a proibição de Lukashenko viajar pela Europa. Outras sanções da EU, especialmente medidas econômicas, contra o governo de Lukashenko não estão previstas, porque o bloco quer atacar os líderes individualmente ao invés da economia do país inteiro. As sanções podem aplicadas a partir de abril. A União Européia solicitou ontem a libertação dos 200 manifestantes detidos na noite anterior na capital bielo-russa, Minsk, que acampavam desde a noite do domingo passado na Praça de Outubro, no centro da capital, Minsk, em protesto contra a vitória de Lukashenko, e pediu a seus parceiros internacionais, em particular aos países vizinhos de Bielo-Rússia, que sigam a mesma posição.

Mais matérias
desta edição