app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5718
Internacional

Calor mata mais de mil indianos

Nova Déli – Mais de mil pessoas morreram em decorrência de uma onda de calor que atingiu o Estado de Andhra Pradesh, no sul da Índia. O Comissário de Assistência do Estado, D. C. Rosaiah, afirmou que 1.037 pessoas morreram com o calor entre 9 e 15 de maio

Por | Edição do dia 23/05/2002 - Matéria atualizada em 23/05/2002 às 00h00

Nova Déli – Mais de mil pessoas morreram em decorrência de uma onda de calor que atingiu o Estado de Andhra Pradesh, no sul da Índia. O Comissário de Assistência do Estado, D. C. Rosaiah, afirmou que 1.037 pessoas morreram com o calor entre 9 e 15 de maio, o pior em quatro anos. A temperatura chegou a atingir 48° C nas áreas mais atingidas. Uma chuva fraca levou um alívio passageiro na semana passada, mas a onda de calor voltou desde segunda-feira. As autoridades afirmaram que o calor iria durar mais um dia ou dois e o verão terminaria com a chegada das chuvas de monções, aguardadas para o início de junho. Caxemira O primeiro-ministro Atal Behari Vajpayee, 76, declarou ontem, durante uma visita à Caxemira, que “chegou a hora de um combate decisivo” e que “esta guerra nós ganharemos”. Vajpayee falou às tropas indianas instaladas em frente ao Paquistão, na região de Kupwara, norte da Caxemira indiana. Seu discurso foi transmitido ao vivo pela televisão. “Nosso objetivo deve ser a vitória porque chegou a hora de um combate decisivo e esta guerra nós ganharemos”, disse. “Devemos conduzir nossa própria guerra, estamos prontos e nos preparamos”, afirmou.

Mais matérias
desta edição