app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
José Elias

Confira os destaques da política alagoana #JE16092020

.

Por JOSÉ ELIAS | Edição do dia 16/09/2020 - Matéria atualizada em 15/09/2020 às 22h49

Independência se conquista com luta, força e raça, com interesses focados em direitos iguais para todos. Não se briga para aumentar patrimônio pessoal nem para se defender justiça só para um lado, tentando driblar a lei. A fome não pode ser usada como mote de campanha pra alcançar o poder com mentiras, demagogia e falsidade.

Alagoas experimenta clima de capitania hereditária, onde muitos querem impor suas ideias atrasadas. Propostas que não atendem necessidades de um povo, que vive eternamente com a cuia na mão. Saúde e educação, que deveriam ser prioridades, historicamente constam na agenda dos chamados “mandantes” como terceira pauta. O Estado precisa de modelo com planos de desenvolvimento, prestigiando inteligências e valorizando mão de obra. Quem está por cima tem tudo e, na outra estrada, quem está por baixo não consegue nada. Eleição de prefeito em novembro pode ser divisor de água se a sociedade amadurecer e começar a pensar nas futuras gerações.


ALAGOAS PRECISA SE LIVRAR DA FOME E MISÉRIA

Acompanhando a evolução dos tempos, Fernando Collor afirmou que Alagoas precisa de paz. Senador informou que sempre trabalhou pela erradicação da fome e da miséria que reinam no seu território. Para ele, um Estado só pode ser independente com igualdade social, emprego e comida na mesa de todos. “A desigualdade comanda as ações!”


LESSA DIZ QUE DEDICOU VIDA POR JUSTIÇA PRA TODOS

Desde o primeiro mandato, Ronaldo Lessa lembra que sempre vestiu a camisa em defesa dos humildes. Quando começou como deputado, disse que na Assembleia Legislativa era a voz dos injustiçados, aqueles que sempre sobreviveram abandonados pelo poder público. Prefeito e deputado, afirmou que justiça não faltou em sua agenda.


DAVINO DEFENDE IDADE PARA UM BOM GESTOR

Idade influencia no desempenho do bom gestor, concluiu deputado David Davino. Destaque da nova geração, considera juventude marca que vai tirar Maceió da onda de sofrimento que vive em todos os setores. Além de ser jovem, grupo explica que o candidato tem disposição de trabalho e crédito na sociedade para mudanças


ALBUQUERQUE VÊ EM ALMEIDA ÚNICO COM HISTÓRIA

Sem esquecer o interior, Antônio Albuquerque fincou os pés na política de Maceió. Ele explicou que participará diretamente pela primeira vez da disputa de prefeito da capital. “Cícero Almeida conhece, já esteve lá, realizou e é o único candidato que tem história para contar!” - disse o deputado. “Vamos trocar o discurso por trabalho!” - completou, ontem.


KAKÁ DISSE QUE GASPAR PEGOU RITMO DA VITÓRIA

Presente à convenção do MDB, advogado Kaká Gouveia vê com otimismo rumo de Alfredo Gaspar. Coordenador da campanha, declarou que a missão política em defesa de Maceió ganha ritmo e, com certeza, sustentou que chegará à vitória. A chapa está completa com Tácio Mello, que era dúvida, compondo como vice, indicado por Rui Palmeira.


CARVALHO ACHA VOTO FAVORÁVEL AOS COMPRADORES

Andando pelas ruas de Maceió, dirigente Juca Carvalho condenou o silêncio da campanha. “Aí é onde mora o perigo, a cobra caminha no escuro!” - deu um pulo pra trás, ao chegar ontem ao Bar da Gil. Vindo do PP, ele contou que os corruptos entram em ação, comercializam consciências e, no final, saem gritando, comemorando vitória


JHC PROMETE AUMENTAR VOLUME DA CAMPANHA

Oficializada a chapa, JHC anuncia que o time está em campo e vai ganhar o jogo. Analista Serginho Alencar, guru da campanha, leu números das pesquisas e concluiu que o placar é definitivo. Ele explicou que, com Lessa, JHC ganhou no grosso e no varejo, viabilizando a caminhada e resolvendo atritos internos, naturais em qualquer eleição majoritária.


BARBOSA ACHA QUE NÃO TEM SEGUNDO TURNO

PT de Alagoas não perde o clima de festa em todas as eleições que participa. Na convenção, quiseram saber do candidato Ricardo Barbosa se haveria segundo turno na corrida de prefeito de Maceió. “Vamos ganhar no primeiro!” - afirmou, demonstrando convicção, o jornalista Adelmo dos Santos. “Meu compadre Lula vem aí!” - avisou.

Mais matérias
desta edição