app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Mercado Alagoas

Confira os destaques da economia alagoana #MA04032020

.

Por Edivaldo Junior | Edição do dia 04/03/2020 - Matéria atualizada em 04/03/2020 às 06h00

Rateio

O projeto de lei que dispõe sobre o rateio das sobras do Fundeb para professores da rede estadual de ensino de Alagoas (servidores em efetivo exercício do magistério) deve ser aprovado nesta quarta-feira (4) nas comissões e na quinta-feira (5) no plenário da Assembleia Legislativa do Estado.


Trajetória

A proposta começou a tramitar com o fim do recesso parlamentar e foi alvo de intenso debate no plenário da Casa durante a sessão ordinária da quinta-feira, 20. Com o regime de urgência solicitado pelo líder do governo, deputado estadual Sílvio Camelo (PV), o projeto foi analisado por duas comissões já na sexta-feira, 21. Em função do carnaval, a matéria voltará a ser apreciada já nesta quarta-feira em mais uma comissão – a de Administração, Relação do Trabalho, Assuntos Municipais e Defesa do Consumidor e Contribuinte, presidida pelo deputado Bruno Toledo (PROS).


Analisando

“Amanhã (hoje) a comissão se reunirá. A matéria será pautada e espero que já seja aprovada amanhã mesmo, ficando pronta para deliberação do plenário. Não havendo nenhum pedido de adiantamento, deve ser aprovada em plenário já na quinta-feira”, adianta Bruno Toledo.


Votando

“Já soube que os deputados Davi Maia e Cabo Bebeto estão com requerimento pronto solicitando inclusão na pauta do dia, assim que os pareceres das comissões chegarem no plenário”, completa o deputado.


3 Histórias

Com liquidez de 100%, o Leilão 3 Histórias chega à sua terceira edição. O remate, que será realizado no dia 20 de março, fará parte da programação da 8ª Feira de Agronegócio do Estado de Sergipe (Faese), no Parque de Exposições João Cleófas, em Aracaju, ofertando animais selecionados das raças Santa Gertrudis, Guzerá e Nelore.


3 Histórias 2

A genética com mais de 40 anos da raça Santa Gertrudis consolidou a Fazenda Mangabeiras, do criador Gustavo Barreto. Com isso, os investimentos refletiram na alta produtividade do plantel, atualmente exportado para diversos estados do Brasil, atendendo às variações climáticas das regiões como a melhor opção de cruzamento industrial.


Assembleia

A Cooperativa de Produção Leiteira de Alagoas (CPLA) realiza uma assembleia geral ordinária com os associados, na próxima semana, dia 11 de março, na sede da Unidade de Beneficiamento de Leite (UBL), em Batalha. Na reunião, a diretoria da entidade, presidida por Aldemar Monteiro, debaterá com os cooperados os seguintes temas: entrada e saída de produtores da DAP Jurídica; assuntos referentes à Conab e eleição e posse do novo diretor financeiro, entre outras pautas.


Em alta

Apesar de a escassez de chuvas na região canavieira de Alagoas ter obrigado as unidades industriais a rever a quantidade de cana a ser beneficiada na safra 19/20 para algo em torno de 17 milhões de toneladas, o preço do ATR em fevereiro deu continuidade à onda de crescimento registrada nos últimos meses. Com o preço líquido de R$ 0,7767, o ATR de fevereiro teve uma variação positiva de 4,1% em comparação a janeiro, quando foi cotado a R$ 0,7454.


Açúcar

Dados do Consecana-AL/SE apontam que o VHP, exportado para o mercado americano, foi o produto com maior alta de preço. O saco do açúcar subiu de R$ 119,14 para R$ 129,22. O levantamento informa ainda que o saco do VHP - exportado para o mercado mundial – passou de R$ 57,17 para R$ 61,52. Enquanto isso, o cristal, que é comercializado no mercado interno, subiu de R$ 76,65 para R$ 78,87. Já o metro cúbico do hidratado subiu de R$ 2.266,71 para R$ 2.308,73.


Etanol

De todos os produtos que fazem parte do mix da cana-de-açúcar em Alagoas, o metro cúbico do etanol anidro foi o único que registrou uma redução de preço em comparação a janeiro, passando de R$ 2.321,33 para R$ 2.298,69.


Média

Diante deste cenário, segundo informou o Consecana, a média mês dos produtos que fazem parte do mix da ATR em Alagoas foi de R$ 1,3142, com um preço médio/acumulado de um quilo de ATR nos produtos de R$ 1,2044.

Mais matérias
desta edição