app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Mercado Alagoas

Confira os destaques da economia alagoana #MA24032020

.

Por Edivaldo Junior | Edição do dia 24/03/2020 - Matéria atualizada em 23/03/2020 às 22h31

Programa…

O governador Renan Filho disse que determinou a liberação do programa do leite. Os agricultores familiares esperam receber pouco mais de R$ 3 milhões de parcelas referentes a entregas feitas em 2019.

...do leite

O governo ainda não definiu como o programa continuará – se é que continuará – em Alagoas a partir do próximo dia 31. Os contratos de fornecimento com as cooperativas (Pindorama, Coopaz e CPLA) vence no próximo dia 31. Em meio à pandemia do novo coronavírus, a Seagri não terá como fazer um novo edital até o final do mês.


Risco

Sem novo contrato ou sem a prorrogação do atual, o fornecimento de leite a 80 mil famílias alagoanas pode ser suspenso. A suspensão, se confirmada, deve atingir cerca de 15 mil idosos – justo o público de maior risco em tempos de Covid-19.


Crítico

Populações mais carentes de Alagoas terão dificuldades em seguir recomendações das autoridades de saúde no enfrentamento do novo coronavírus. “Vivemos um momento muito crítico. O que me deixa ainda mais preocupado é a situação das famílias mais vulneráveis, que têm acesso limitado a água, sabão, álcool ou qualquer outro tipo de material de limpeza”, aponta Davi Davino Filho.


Apelo

Diante dessa realidade, o deputado estadual do PP defende a doação de kits de limpeza com recursos do Fecoep: “Estou fazendo um apelo ao governo do Estado para que convoque extraordinariamente o Fecoep, com o objetivo de destinar recursos que garantam o mínimo de acesso dessas pessoas a uma cesta básica e especialmente aos materiais de limpeza”, aponta.


Captação...

O presidente da CPLA, Aldemar Monteiro, informou que o processo de captação de leite junto aos cooperados está mantido. A medida impede que ocorra o desabastecimento do alimento junto aos beneficiados em meio a pandemia do novo coronavírus no país.


...de leite

“O trabalho permanece, mas com as devidas medidas de prevenção. Estamos protegendo os produtores, leite, colaboradores e funcionários, orientando todos, a exemplo também dos laticínios, quanto aos cuidados necessários contra o coronavírus. Precisamos alimentar as pessoas e, para isso, precisamos captar o leite”, declarou Monteiro.


Evitando o caos

Segundo Aldemar, que representa os agricultores familiares produtores de leite de Alagoas, se os criadores pararem de produzir e a cooperativa de fazer o trabalho de captação do leite, “a situação viraria um verdadeiro caos. Mas, os criadores engajados e fazendo o dever de casa”, destacou.


Moagem

A safra de cana-de-açúcar 19/20 está na reta final em Alagoas, com apenas duas usinas das 15 que operaram neste ciclo ainda em funcionamento - Coruripe e Sumaúma. Ambas anunciaram que deverão finalizar a safra em abril e, até a primeira quinzena deste mês, haviam processado 2,9 milhões de toneladas e 881 mil toneladas de cana, respectivamente.


Acumulada

O departamento Técnico do Sindaçúcar-AL aponta que a produção acumulada de cana nesta safra, com posição até 15 de março, foi de 16,3 milhões de toneladas. Enquanto a posição acumulada de cana moída no mesmo período da safra 18/19 era de 15,6 milhões de toneladas, na comparação entre os dois ciclos houve uma variação positiva de 4,3% nesta safra.


Produção

Entre as usinas que já finalizaram a moagem, o maior volume de cana foi processado na Santo Antônio, com pouco mais de 2 milhões de toneladas. Já a usina Taquara, esmagou o menor volume, com pouco mais de 270 mil toneladas. A indústria, no entanto, registrou um crescimento superior a 24% ante a safra 18/19, quando a produção final foi de 217 mil toneladas.


Casa nova

Alfredo Gaspar de Mendonça entrou – literalmente – para a política partidária após sua saída do Ministério Público, no início deste mês. O ex-PGJ dá assim mais um passo para ser o candidato a prefeito dos grupos de Renan Filho e Rui Palmeira.

Mais matérias
desta edição