app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Mercado Alagoas

Confira os destaques da economia alagoana #MA03072020

.

Por Edivaldo Junior | Edição do dia 03/07/2020 - Matéria atualizada em 02/07/2020 às 22h45

Novo tombo

Pelo quarto mês seguido a arrecadação de ICMS fechou em queda no mês de junho em Alagoas, em função da crise econômica decorrente da pandemia do novo coronavírus. As maiores quedas ocorrem nos últimos três meses.


Descendo ...

A receita de ICMS em abril ficou em R$ 290,2 milhões, em queda de 10,12% ante igual período do ano anterior (R$ 322,8 milhões). Em maio, o ICMS ficou em R$ 256,07 milhões, caindo 20,71% na comparação com os R$ 322,95 milhões arrecadados no mesmo mês de 2019.


…a escada

No mês passado, a receita do ICMS ficou em R$ 298,4 milhões em queda de 7,25% ante o valor arrecadado em igual mês de 2019, que foi de R$ 321,4 milhões. O governo trabalhava com uma redução de até 10%. “Foi um pouco melhor que o esperado”, pondera o secretário da Fazenda de Alagoas, George Santoro.


Acumulando...

De janeiro a junho deste ano, a receita de ICMS ficou em R$ 1,956 bilhão. Com isso, a variação negativa cresceu para -3,65¨% na comparação com os R$ 2,030 bilhões arrecadados nos seis primeiros meses de 2019. Se considerada a inflação, a queda real no desempenho do imposto passa dos 7%


...perdas

Em breve avaliação do ICMS em junho, George Santoro diz que o desempenho foi um pouco melhor que o do mês anterior e a queda se concentrou em quatro setores: “Negativo ainda apenas combustível, energia, veículos e vestuário”, aponta.


Tem mais

A queda desses setores tem relação direta com o isolamento social decorrente da pandemia. E como Alagoas só está iniciando agora a flexibilização gradual da economia, Santoro acredita que em julho ainda teremos desempenho negativo do ICMS no Estado. “Temos um longo caminho. Se tudo der certo em agosto, poderemos empatar ou ter uma pequena queda. Mas cada dia é uma nova expectativa”, diz Santoro.


Horário

Seguindo as determinações do novo decreto estadual, a CPLA informa que, na próxima segunda-feira, dia 06 de julho, terá início um novo horário de expediente de trabalho que será realizado, no período da manhã, das 9h às 12h e, no horário da tarde, das 13h até às 16h.


Plano

Desde a quarta-feira (1º) entrou em vigor o novo Plano Safra 20/21. Os produtores rurais já podem acessar os recursos para financiamento nos bancos que operam com crédito rural e nas cooperativas de crédito. O governo federal disponibilizou R$ 236,3 bilhões para apoiar a produção agropecuária nacional, alta de 6,1% (mais R$ 13,5 bilhões) em relação à safra anterior.


BB

O Banco do Brasil vai disponibilizar R$ 103 bilhões para o setor agropecuário para o Plano Safra 20/21, que teve início ontem. Desse valor, R$ 10,3 bilhões serão destinados às agroindústrias e R$ 92,7 bilhões para o crédito rural - R$ 64,6 bilhões vão financiar a safra da agricultura empresarial, R$ 14,4 bilhões para os médios produtores e R$ 13,7 bilhões para a agricultura familiar.


Reabertura

O Governo de Alagoas inicia, hoje, 03, o retorno gradual de atividades econômicas não essenciais com o avanço para a segunda fase do Distanciamento Social Controlado em Maceió, saindo da Fase Vermelha (atual) para a Laranja. A decisão foi baseada na avaliação dos dados das últimas cinco semanas epidemiológicas, coletados a partir da análise dos três eixos estratégicos que compõem a Matriz de Risco. Os demais municípios do interior do estado seguem em isolamento social (Fase Vermelha).


ITBI

A Caixa Econômica anunciou ontem a inclusão dos custos de cartório e do Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) no financiamento da casa própria. Essas despesas chegam a representar 5% do valor do imóvel, a depender da região. A adesão está disponível nos novos contratos de financiamento imobiliário para residências avaliadas em até R$ 1,5 milhão. A medida se aplica às operações com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e também da poupança (SBPE).

Mais matérias
desta edição