app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Mercado Alagoas

Confira os destaques da economia alagoana #MA15072020

.

Por Edivaldo Junior | Edição do dia 15/07/2020 - Matéria atualizada em 14/07/2020 às 21h46

Sem leite

Sob a justificativa de que é necessário promover uma reformulação, a Secretaria de Agricultura do Estado suspendeu as entregas do programa de leite. Cerca de 80 mil beneficiários estão sem receber os 4 litros a que têm direito semanalmente desde a segunda quinzena de junho;


Sem prazo

A Seagri avalia que as entregas devem ser retomadas a partir da próxima sexta-feira (17), de forma gradativa. Apesar disso, a pasta não tem previsão para pagamento aos agricultores familiares. O atraso chega a 6 meses. Os produtores ainda não receberam a contrapartida pelo leite que foi entregue desde janeiro deste ano.


Sem resposta

O secretário de Agricultura, João Lessa, não respondeu ao questionamento sobre a previsão de pagamento aos agricultores, apesar de ter anunciado, no dia 26 de junho, que o governo iria liberar R$ 70 milhões para agricultores familiares, dos quais R$ 19 milhões seriam para o programa do leite.


Com APP

Apesar do atraso no pagamento e da suspensão da entrega, o secretário João Lessa fez uma live, na sexta-feira (11), para lançar “o novo sistema do Programa do Leite em Alagoas”. Segundo a assessoria da pasta, “a ferramenta foi desenvolvida com o intuito de diminuir a burocracia, reduzir o excesso de documentos físicos e assegurar que o leite seja entregue com rapidez ao beneficiário”.


Com exclusão

Faltou a Seagri explicar como pequenos agricultores familiares ou beneficiários, a maioria com dificuldades de acesso à internet, irão ter acesso ao aplicativo.

Familiar

O Banco do Nordeste dispõe de R$ 3,5 bilhões para aplicar no segmento de agricultura familiar por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Incluído no Plano Safra 2020-2021, o valor deve ser aplicado em 570 mil contratações.


Evolução

Os recursos representam crescimento de 7,6% em relação ao volume aplicado na agricultura familiar no período 2019-2020 (R$ 3,2 bilhões) e de 5,16% na quantidade de operações (541,9 mil contratações) que beneficiaram agricultores familiares dos nove estados da Região e do norte de Minas Gerais e do Espírito Santo.


Taxas

Os financiamentos no âmbito do Pronaf, destinados a investimento e custeio, têm taxas de juros que variam de 2,75% a 4% ao ano. Os produtores, a exemplo de assentados da reforma agrária e de beneficiários do Crédito Fundiário e Menor Renda, enquadrados no Grupo B do programa, terão taxa de 0,5% ao ano e bônus de adimplência de até 40%.


Nossa parte

Para Alagoas, o orçamento previsto para 2020-2021 é da ordem de R$ 158 milhões, equivalentes a um total estimado de 28.800 operações.


Lideranças

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) abriu as inscrições para a quarta edição do CNA Jovem, programa de desenvolvimento de novas lideranças para o agro. O programa gratuito tem o objetivo de apoiar o desenvolvimento de novas lideranças para enfrentar desafios e buscar inovações para a agropecuária brasileira em cinco áreas: institucional, sindical, político-partidária, empresarial e educacional.


Álcool e açúcar

O setor sucroenergético foi o segmento que teve o maior aumento percentual das exportações dentre os principais setores exportadores do agronegócio brasileiro, chegando a 74,5% na comparação entre junho de 2019 e junho de 2020, passando de US$ 536,12 milhões para US$ 935,37 milhões.


Safra

Caso um possível excesso de chuvas não atrapalhe a programação, falta apenas um mês para que o pontapé inicial da safra 20/21 da cana-de-açúcar seja dado em Alagoas. Até o momento, a única unidade industrial que anunciou a data para o começo da moagem foi da Cooperativa Pindorama, prevista para o dia 15 de agosto.

Mais matérias
desta edição