app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Mercado Alagoas

Confira os destaques da economia alagoana #MA10022021

.

Por Edivaldo Junior | Edição do dia 10/02/2021 - Matéria atualizada em 09/02/2021 às 21h45

Faturamento

Com a suspensão das festividades tradicionais do Carnaval em Alagoas, já existe uma sinalização do comércio local para abrir os estabelecimentos nos dias 15 e 16 de fevereiro. De acordo com a Fecomércio-AL, com dois dias de abertura das lojas, a expectativa de receita gerada seria de R$ 118 milhões. Os cálculos são baseados nos números de faturamento diário do setor terciário no Estado.


Cálculo

Num cenário de mais de 143 mil empresas ligadas ao setor de Comércio e Serviços, estima-se que a soma do faturamento se aproxime dos R$ 21,828 bilhões, registrando, em média, uma receita diária de R$ 59 milhões. O número de R$ 118 milhões, reafirma, é baseado num cálculo de referência à média de faturamento de dias com plena atividade do Comércio em Alagoas.


Atípico

Este será o primeiro ano em que há possibilidade de abertura ampla do comércio no período carnavalesco e, embora não haja como prever o comportamento do consumidor, a expectativa do empresariado é otimista. “Acreditamos que estes dias a mais de venda tragam uma repercussão positiva na economia das empresas e, para o consumidor, a comodidade de realizar suas compras sem precisar esperar pelo fim do carnaval”, destacou Gilton Lima, presidente da Fecomércio.


Sem reajuste

O Ministério Público de Contas e o Tribunal de Contas do Estado de Alagoas recomendaram que os prefeitos e presidentes das câmaras municipais não promovam nenhum tipo de reajuste salarial a seus membros e servidores, até o dia 31 de dezembro deste ano. Essa é uma medida “drástica”, porém vista como fundamental pelo órgão para garantir o equilíbrio das contas públicas, bem como a destinação de mais verbas para o combate à disseminação do novo coronavírus.


Turismo

O secretário municipal do Turismo, Ricardo Santa Ritta, e o vereador Joãzinho (Podemos) estiveram reunidos ontem (09) com o trade turístico de Maceió. A pauta do encontro foi ouvir as demandas do setor do turismo na capital. “O setor foi muito afetado pela pandemia e precisa se recuperar. Maceió é uma cidade belíssima, com grandes atrativos naturais e culturais. Existem vários gargalos pela cidade que o trade turístico precisa que sejam resolvidos, para aumentar o fluxo de turistas e gerar mais emprego e renda”, destacou o vereador.


Cartão

Os pagamentos feitos pelos brasileiros com cartões de crédito, débito e pré-pagos chegaram aos R$ 2 trilhões em 2020, o que corresponde a um crescimento de 8,2% na comparação com o ano anterior, segundo a Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços. Para a entidade, apesar da pandemia, o resultado superou as expectativas de desempenho do setor, mostrando forte recuperação no segundo semestre.


Premiações

Na última semana, as usinas Caetés e Marituba promoveram a segunda etapa de premiação para as equipes que alcançaram altos índices de produtividade durante os meses de novembro e dezembro de 2020. No total, 54 colaboradores foram premiados, contemplando operadores de colhedoras, tratores e caminhões trasbordo, caminhão canavieiro e carregadeiras.


Agronordeste

O superintendente do Ministério da Agricultura em Alagoas, Jader Oliveira, realizou uma visita institucional ao presidente da Federação da Agricultura de Alagoas, Álvaro Almeida. Na pauta do encontro, formas de estreitar ainda mais a relação entre as instituições e as possibilidades de expansão do Programa Agronordeste.


Parceria

Para Álvaro Almeida, a aproximação entre as instituições é fundamental para o desenvolvimento do setor agropecuário. “Não adianta as instituições trabalharem de forma isolada. É preciso unir esforços, trocar ideias, ouvir sugestões e fazer com que o agronegócio se desenvolva cada vez mais. O agro é quem sustenta a economia do Brasil e aqui em Alagoas não é diferente”, declarou.

Mais matérias
desta edição