app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Mercado Alagoas

Confira os destaques da economia alagoana #MA17042021

.

Por Edivaldo Junior | Edição do dia 17/04/2021 - Matéria atualizada em 16/04/2021 às 20h38

Sem reeleição

A decisão é do STF e só vale para uma eventual nova reeleição da atual mesa diretora da Assembleia Legislativa de Alagoas. Na prática, Marcelo Victor não poderia ser reeleito para o cargo de presidente do Legislativo para um eventual terceiro mandato consecutivo, em 2023.


Opções

Mesmo sem a possibilidade de ser reeleito mais uma vez presidente da Assembleia Legislativa de Alagoas, Marcelo Victor tem pela frente muitas possibilidades na política para 2022. Pode ser eleito governador indiretamente num eventual afastamento de Renan Filho. Pode disputar mandato de deputado federal ou ser indicado para vaga aberta no Tribunal de Contas do Estado.


Com reeleição

Nesse cenário, Marcelo Victor deve trabalhar para fazer seu sucessor na ALE. E deve conseguir. Quanto à reeleição, o inusitado pode acontecer. Marcelo pode até não disputar um novo mandato consecutivo de presidente da ALE, mas pode ser candidato à reeleição como governador.


Bônus...

Com atuação voltada às melhores práticas ambientais, sociais e de governança (ESG), a Vivo quer impulsionar suas iniciativas relacionadas às mudanças climáticas.


...Executivo

Desde 2019, 20% da remuneração variável dos executivos da Vivo são relacionados a temas reputacionais, como emissões de gases de efeito estufa (GEE) e diversidade, o que demonstra o quanto a sustentabilidade está integrada à estratégia de negócios da empresa. Neste ano, a companhia ampliou de 1% para 5% o peso da meta de redução de emissões de CO2 no pool de bônus dos seus executivos.


Moagem

Com oito meses de moagem, a safra 20/21 segue em Alagoas. Com um restante de cana ainda no campo, a Usina Santo Antônio, localizada no município de São Luiz do Quitunde, informou que até este sábado, 17, finalizará o ciclo. Com isso, restará apenas à Usina Sumaúma em atividade nesta safra. A expectativa da unidade é finalizar o ciclo na próxima terça-feira, dia 20.


Chuva

A ocorrência de chuvas nas últimas semanas na região canavieira levou ao atraso no fim do atual ciclo da cana em Alagoas, limitando o acesso ao campo, parando o corte e até a moagem nas unidades.


Centro-Sul

A região Centro-Sul do Brasil concluiu, neste mês de abril, a safra 20/21 com 605,46 milhões de toneladas de cana-de-açúcar processadas, crescimento de 2,56% sobre as 590,36 milhões de toneladas registradas na temporada 19/20.


Recurso

A Portaria Nº 18, que determina o pagamento do Garantia-Safra, foi publicada ontem pela Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura. Neste mês, receberão o pagamento agricultores de Alagoas e mais seis Estados. O montante chegará a mais de R$ 21,5 milhões.


Cartilha

A Federação da Agricultura e o Senar Alagoas colaboraram com a elaboração da cartilha “Barragem subterrânea: transformando vidas no semiárido brasileiro”. Iniciativa do Governo de Alagoas; Articulação Semiárido Brasileiro (ASA), Embrapa e Ministério da Agricultura, o documento orientará produtores rurais e gestores públicos sobre a solução tecnológica para o aproveitamento da água da chuva, como forma de reduzir os efeitos das irregularidades climáticas nas regiões mais secas.


Pronaf

O secretário de Agricultura Familiar e Cooperativismo, Fernando Schwanke, afirmou que o Ministério da Agricultura está trabalhando para recompor os recursos destinados ao subsídio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), no Plano Safra 2021/22.


Recursos

O montante do Orçamento da União para 2021 destinado à subvenção do crédito agrícola, seguro rural e apoio à comercialização sofreu um corte expressivo no Congresso. No caso do Pronaf, estavam previstos R$ 3,85 bilhões para equalização, mas o valor caiu para R$ 2,5 bilhões.

Mais matérias
desta edição