app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Mercado Alagoas

Confira os destaques da economia alagoana #MA08062021

.

Por Edivaldo Junior | Edição do dia 08/06/2021 - Matéria atualizada em 07/06/2021 às 22h31

Energia

A cana-de-açúcar é a principal fonte de energia renovável do país, segundo o Balanço Energético Nacional (BEN) de 2021. A publicação da Empresa de Pesquisa Energética (EPE) mostra que a biomassa de cana representa 19,1% da oferta interna de energia (OIE) ou 39,5% de toda a energia renovável utilizada no Brasil. 


Evolução

No Brasil a oferta da matriz renovável cresceu de 46,1% para 48,4% do total da energia produzida no país entre 2019 e 2020. Os números são muito superiores à média mundial, de 13,8% (2018), e da OCDE, de 11% (2018).


Fósseis

As fontes não renováveis representaram 51,6% de toda a energia utilizada no Brasil em 2020. Petróleo e derivados responderam por 33,1% de toda energia produzida no país, seguido de gás natural (11,8%), carvão mineral (4,9%), urânio (1,3%) e outras não renováveis (0,6%).


Renováveis

Com 19,1%, a biomassa da cana foi a segunda maior fonte de energia do Brasil em 2020. Entre as renováveis, a energia hidráulica aparece em segundo na geração (12,6%), seguida de lenha e carvão vegetal (8,9%) e outras renováveis (7,7%).


Exceção 

Em 2020, apenas a cana-de-açúcar e outros renováveis (categoria que inclui lixívias, biodiesel, solar e eólica) apresentaram crescimento na oferta de energia de 4% e 7,4% respectivamente. As demais fontes, renováveis e não renováveis, apresentaram redução na oferta. Petróleo e derivados, por exemplo, recuou -5,6%.


Bolsistas

A Emater lançou um edital de seleção pública com 20 vagas para bolsistas que irão completar o quadro da Emater até o dia 18 de dezembro deste ano. O período de inscrição dos candidatos vai até às 16h59 da próxima sexta, dia 11 de junho. O resultado final sai no dia 23 de julho. Os interessados devem preencher o formulário disponível no link: https://forms.gle/brBM4o1j8RKH1gez8 


Biodiesel 

Um novo decreto presidencial alterou o referencial para a definição do percentual mínimo de matéria-prima que deve ser adquirido da agricultura familiar por empresas produtoras de biodiesel detentoras do Selo Biocombustível Social. A medida muda a metodologia do cálculo, que passará a utilizar como parâmetro o valor do biodiesel comercializado anualmente pelo produtor de biodiesel e não mais o valor total de matéria-prima adquirida pela empresa produtora. 


Igualdade 

A alteração tem o propósito de conferir maior igualdade entre os produtores de biodiesel, independentemente da forma de aquisição do insumo, seja in natura ou óleo. A nova regra deve entrar em vigor ainda este ano. O Ministério da Agricultura prevê para as próximas semanas a publicação do Regulamento do Selo Biocombustível Social, com detalhes da nova regra. 


Suínos 

A primeira etapa da campanha de vacinação contra a Peste Suína Clássica (PSC), em Alagoas, teve início, ontem, com a meta de imunizar aproximadamente 90 mil animais. Todo o processo de vacinação seguirá um protocolo de segurança de prevenção a Covid- 9, elaborado pela equipe técnica da Adeal e aprovado pela Secretaria de Estado da Saúde. 


Junho 

Durante o mês de junho, mais de 200 vacinadores percorrerão o Estado imunizando plantéis com até 200 animais. Em propriedades rurais, a partir de 200 suínos, os próprios criadores serão responsáveis por fazer a vacinação do rebanho. 


Queda

As incertezas econômicas causadas pelas taxas de desemprego e alta da inflação irão impactar na troca de presentes no Dia dos Namorados. De acordo com a pesquisa de Intenção de Compras realizada pelo Instituto Fecomércio AL, apenas 39% dos consumidores de Maceió pretendem presentear na data. 


E mais queda

O desempenho, segundo a Fecomércio, É o menor desempenho da série histórica do Instituto, que iniciou este tipo de pesquisa em 2012 e vinha registrando uma média de 55% de intenções de compras.

Mais matérias
desta edição