app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Mercado Alagoas

Confira os destaques da economia alagoana #MA09092021

.

Por Edivaldo Junior | Edição do dia 09/09/2021 - Matéria atualizada em 08/09/2021 às 23h06

Cercado de...

A Usina Caeté, através do Departamento Comercial, celebra a retomada do mercado de fardos, com um expressivo crescimento de 48% nas vendas em relação à safra anterior. “Chegamos a atingir o segundo melhor desempenho em vendas dos últimos 12 anos”, destacou o gerente de Mercado Interno, André Bulhões, acrescentando que “esse crescimento vem do comprometimento de toda a equipe comercial em buscar o melhor resultado nas vendas”.


...fardos

Para o analista comercial Maciel Melo, os resultados demonstram a força e a credibilidade da marca Caeté no mercado. “Agradecemos, principalmente, aos nossos clientes, parceiros e consumidores por toda essa confiança”.


Artesãos

As inscrições no edital para seleção de mestres artesãos, associações, cooperativas e grupos produtivos para a participação em duas feiras de artesanato brasileiras seguem até o dia 14 de setembro. Lançado pela Sedeutur-AL, o edital seleciona artistas alagoanos para a participação no 14º Salão do Artesanato, que acontece de 27 a 31 de outubro, em Brasília; e na 21º Fenearte, que acontece de 10 a 19 de dezembro, em Recife.


Critérios

Para participar da seleção é necessário estar com o cadastro em dia no Sistema de Informações Cadastrais do Artesanato Brasileiro (Sicab), ser maior de 18 anos, estar com o cartão de vacinação contra a Covid-19 em dia e ter disponibilidade para viajar e realizar a comercialização dos produtos durante o evento. O resultado final do edital será divulgado no dia 30 de setembro.


Momento

“É um momento de retomada. Depois de um ano sem a realização de feiras, para o artesão existe uma expectativa muito grande em relação a esses eventos. É uma oportunidade de voltar a divulgar o artesanato alagoano dentro do cenário nacional”, destaca a Gerente de Design e Artesanato da Sedetur, Daniela Vasconcelos.


Serviço

As inscrições podem ser feitas presencialmente, com a entrega dos documentos exigidos no edital, na Sedetur, e através de agendamento pelo telefone do Alagoas Feita à Mão: (82) 98705-7998.


Semeadura

O Ministério da Agricultura publicou a portaria nº 389, estabelecendo os calendários de semeadura de soja referente à safra 21/22, que deverão ser seguidos pelos estados produtores em todo o país, a exemplo de Alagoas. A semeadura da soja que, até o momento, era estabelecida somente nos estados da Bahia, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina e Tocantins, passa ser obrigatória também, a partir desta safra, em Alagoas e mais 13 Estados, totalizando 20 unidades da federação com período determinado para início e final do plantio.


Período

Em Alagoas, o período de semeadura começa, neste ciclo, a partir do próximo dia 16 de setembro e segue até o dia 03 de fevereiro do próximo ano, totalizando quase cinco meses para o plantio no Estado.


Expo

A retomada da 38ª Expo Bacia Leiteira, que vai ocorrer entre os dias 6 e 9 de outubro em Batalha, pode ser considerada uma conquista para a economia da região do Sertão do Estado. Após um ano fechada em virtude da Covid-19, o evento retorna ao Parque Mair Amaral, em Batalha, com programação técnica extensa com a expectativa de participação de mais de 300 animais entre as suas atividades de julgamentos, exposição e torneio leiteiro.


Oportunidades

Segundo o presidente da Associação dos Criadores de Alagoas (ACA), Domicio Silva, a realização da exposição significa a abertura de novas oportunidades. “O setor está confiante e sob clima de otimismo. Já há uma grande movimentação para o fechamento de negócios durante a exposição, tendo em vista que o mercado está aquecido. A expectativa é muito positiva mediante o cenário firme da agropecuária”, informou.


Quem vai

Além da retomada econômica, a Expo Bacia é sinônimo de inclusão para os pequenos produtores da agricultura familiar, que por mais um ano terão torneio leiteiros exclusivos. Para o presidente da Cooperativa dos Produtores de Leite de Alagoas (CPLA), o clima é de otimismo.

Mais matérias
desta edição