app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Mercado Alagoas

Confira os destaques da economia alagoana #MA04012022

.

Por Edivaldo Junior | Edição do dia 04/01/2022 - Matéria atualizada em 03/01/2022 às 22h20

Protesto

Pecuaristas e sindicatos rurais distribuem espetos à população em diversas cidades do país, em manifestação contra publicidade de uma instituição bancária, já retirada do ar, que pregava a redução consumo de carne para reduzir a pegada de carbono.


Mercado

O mercado financeiro diminuiu novamente a previsão para o crescimento da economia brasileira em 2022. As projeções constam do primeiro boletim Focus de 2022, divulgado ontem (3), em Brasília, pelo Banco Central. O documento reúne a projeção para os principais indicadores econômicos do país e aponta PIB de 0,36% ante 0,42%.


Boi gordo

O mercado do boi gordo iniciou o ano de 2022 com preços da arroba firmes nas principais praças pecuárias. Neste momento, os pecuaristas estão buscando negócios ao redor de R$ 350,00/arroba e a expectativa é que as comercializações podem atingir esse patamar de referência ainda nesta semana, mas não deve durar por muito tempo.


NFC

A Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas (Sefaz) relembra aos consumidores cadastrados na campanha Nota Fiscal Cidadã (NFC) como deve ser feito para resgatar os créditos disponíveis em suas contas no site http://nfcidada.sefaz.al.gov.br/.


Créditos

A medida, que ocorre duas vezes no ano, conforme a Lei Nº 7.793/16, gera os créditos oriundos de restituição de mercadorias compradas e dos sorteios da campanha. A dinâmica ocorre no primeiro semestre no mês de abril e no segundo semestre em outubro, geralmente.


DPVAT

Pelo segundo ano seguido, os motoristas ficarão isentos de pagar o Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos (DPVAT). A medida foi aprovada no último dia 17 pelo Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP), órgão vinculado ao Ministério da Economia.


IPVA

De acordo com o calendário para pagamento de 2022 IPVA, divulgado pela Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas (Sefaz) em dezembro de 2021, os proprietários de veículos automotores e motocicletas podem pagar o valor em cota única ou em até seis parcelas mensais e sucessivas. O contribuinte que pagar a cota única até o dia 31 de janeiro terão direto a um desconto de 5%.


Alta da gasolina

O preço médio da gasolina vendida nos postos do país avançou 46% no acumulado de 2021, segundo levantamento divulgado nesta segunda-feira (3) pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O levantamento semanal da agência apontou que o preço médio do litro do combustível passou de R$ 4,517 entre 27/12/2020 a 02/01/2021 para R$ 6,618 entre 26/12/2021 a 01/01/2022. Na variação semanal, no entanto, houve queda de 0,1% no valor médio do litro da gasolina: de R$ 6.776 para R$ 6.769.


Etanol dispara

O valor médio do litro do etanol, por sua vez, registrou alta de 58% no ano passado, de acordo com a ANP. O preço do combustível foi de R$ 3,180 para R$ 5,063 no mesmo período. Na semana, a queda foi de 0,31%.


Diesel acompanha

Entre o começo e o fim de 2021, o valor médio do litro do diesel foi de R$ 3,675 para R$ 5,336, o que representa uma alta de 45%.


Gás não fica atrás

No mesmo intervalo, o preço médio do gás de cozinha de 13kg passou de R$ 75,29 para R$ 102, 28 - uma alta equivalente a 36%. Tanto o litro do diesel como o botijão de gás tiveram estabilidade nos preços na comparação semanal.

Mais matérias
desta edição