app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5749
Mercado Alagoas

Confira os destaques da economia alagoana #MA09112022

.

Por Edivaldo Junior | Edição do dia 09/11/2022 - Matéria atualizada em 09/11/2022 às 04h00

Chuvas

As chuvas que caíram nos últimos dias em praticamente todas as regiões do Estado levaram à paralisação temporária da moagem em todas as usinas alagoanas por pelo período de três a quatro dias.


Volume

Dados do Sindaçúcar-AL apontam que, entre os dias 04 e 07 de novembro, ocorreram precipitações intensas em todo o Estado, onde os níveis pluviométricos variaram de acordo com a região, ficando entre 150 milímetros (mm) a 250 mm, com uma média de 200 mm.


Usina

Na Santo Antônio e na Camaragibe, por exemplo, ambas localizadas no litoral norte, as unidades industriais chegaram a parar a moagem por dois dias, diminuindo o rendimento industrial.


Positivo

Apesar dos prejuízos, o volume de chuva que caiu em Alagoas terá reflexo positivo para a safra como um todo com um esperado crescimento na previsão da moagem. Com isso, o reflexo negativo é para o momento atual por ter parado a moagem. Mas, a longo prazo, essa chuva vai ser positiva.


Safra 22/23

O Departamento Técnico do Sindaçúcar-AL divulgou o boletim quinzenal de nº 04, com posição acumulada da moagem até o dia 31 de outubro, informando que foram processadas mais de 4,6 milhões de toneladas de cana.


Redução

Com as 15 unidades industriais em operação, o setor registou uma variação de -11,9% face ao mesmo período do ano passado, quando o acumulado era superior a 5,3 milhões de toneladas de cana beneficiadas.


Açúcar

O levantamento mostra ainda que foram processadas quase 362 mil toneladas de açúcar dos tipos VHP, destinado à exportação, e cristal, que é consumido pelo mercado interno. Em comparação com outubro do ano passado, quando a produção total era superior a 378 mil toneladas, houve uma variação negativa de 4,4%.


Etanol

O boletim destacou também os dados da produção de etanol. De acordo com o relatório, foram fabricados 97.811 milhões de litros do biocombustível. Ante o mesmo período do ano passado, quando o acumulado das usinas era de 113.194 milhões de litros, houve uma redução de 13,6%.


Expectativa

A safra 22/23 foi iniciada na segunda quinzena de agosto pela usina Santo Antônio, tendo a expectativa de processar mais de 19,5 milhões de toneladas de cana até o final do ciclo.


Encat

Maceió sediará a 71ª edição do Encontro Nacional de Coordenadores e Administradores Tributários Estaduais (Encat) entre os dias 21 e 24 de novembro. O evento reunirá administradores tributários, técnicos, líderes de projetos, participantes do Comitê Gestor de Documentos Eletrônicos e representantes de todos os estados da federação no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso.


O que é

O evento conta com uma agenda composta por Reunião Técnica, Reunião de Comitê Gestor dos Documentos Fiscais Eletrônicos (DF-e) e dois dias de plenárias. O fórum, que é exclusivo para os servidores dos fiscos, tem o intuito de promover a integração entre os fiscos estaduais e distrital, contribuindo para o aperfeiçoamento de soluções tecnológicas e métodos utilizados na fiscalização.


Práticas

“Esse é o maior evento de inovação na área tributária do país. Nós reunimos as melhores práticas das administrações tributárias e apresentamos soluções para melhorar o dia a dia do serviço nos fiscos estaduais e distrital, facilitando a vida dos contribuintes”, afirma o coordenador-geral do fórum e secretário especial da Receita Estadual da Sefaz-AL, Luiz Dias.


+Saúde

O presidente do Banco do Nordeste (BNB), José Gomes da Costa, apresenta, nesta quarta-feira, a nova estratégia de apoio às empresas prestadoras de serviço de saúde com aporte de R$ 1 bilhão para toda a área de atuação do banco. A estratégia BNB+Saúde será apresentada durante reunião com empresários do setor, às 16h, nas sedes das superintendências estaduais do banco em toda a sua área de atuação, bem como em transmissão pelo canal do BNB no YouTube.

Mais matérias
desta edição