app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5749
Mercado Alagoas

Confira os destaques da economia alagoana #MA21122022

.

Por Edivaldo Junior | Edição do dia 21/12/2022 - Matéria atualizada em 21/12/2022 às 04h00

Pesquisa

A pesquisa “Pulso dos Pequenos Negócios”, realizada pelo Sebrae Nacional em parceria com o IBGE, revelou que, na comparação entre o período de agosto de 2021 a agosto de 2022, 85% das empresas alagoanas disseram ter sentido o impacto do aumento dos custos da economia.


Repasse

O levantamento constatou ainda que 49% dos empresários repassaram apenas parcialmente os aumentos para os preços e 41% dos empresários não repassaram os aumentos de custos para os clientes.


Faturamento

A pesquisa identificou ainda que 38% das empresas alagoanas registraram queda no faturamento e 31% tiveram aumento. As principais dificuldades apontadas nesse período foram o aumento dos custos da economia (44%) e, em segundo lugar, a falta de clientes (23%).


Pagamentos

Quanto às principais formas de pagamento utilizadas pelos clientes em Alagoas, identificaram que as modalidades cartão de crédito (32%) e Pix (37%) são as mais utilizadas, ficando o cartão de débito com 8% dos casos.


Pindorama

Colaboradores da Cooperativa Pindorama, que lidam diretamente com o processo de produção de etanol e organização de dados, participaram de uma capacitação sobre o programa Renovabio. O treinamento realizado por especialistas da Ceox Planejamento e Otimização, de Piracicaba-SP.


Certificada

Pindorama está certificada no Renovabio desde 2020, com a capacitação trazendo mais detalhes no sentido de melhorar os resultados da certificação.


Programa

O RenovaBio é uma iniciativa do Ministério de Minas e Energia (MME), lançada em dezembro de 2016, que visa expandir a produção de biocombustíveis, fundamentada na previsibilidade e sustentabilidade ambiental, econômica e social. Ele trabalha ainda o aprimoramento das políticas e dos aspectos regulatórios dos biocombustíveis.


Balança

A Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB) divulgou sua previsão para a balança comercial de 2023. Segundo a AEB, as exportações devem atingir US$ 325,162 bilhões, queda de 2,3% em relação aos US$ 332,825 bilhões estimados para este ano. Já as importações devem totalizar US$ 253,229 bilhões, com retração de 6,2% comparativamente aos US$ 269,900 bilhões estimados para 2022.


Superavit

Quanto ao superavit comercial, a AEB estima que alcance US$ 71,933 bilhões, em 2023, com expansão de 14,3% sobre os US$ 62,925 bilhões previstos para este ano. O superavit de US$ 71,933 bilhões em 2023 será recorde, mesmo com previsão de queda das exportações e importações, e superará o recorde anterior de US$ 61,223 bilhões, apurado em 2020.


CONECOOP

Integrante do CONECOOP, a Unicafes-AL apresentou os resultados conquistados pela Feira Coop e pelo Fórum do Cooperativismo aos membros do colegiado. A audiência aconteceu nessa terça-feira, 20, sob a coordenação da secretária de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Caroline Balbino.


Pauta

Na oportunidade, a Unicafes Alagoas também apresentou o Programa Alagoas Mais Cooperativa. A pauta também tratou sobre a participação na Feira de Havana, em Cuba.


Resultados

O presidente da Unicafes-AL, Antonino Cardozo, destacou o papel do Conselho . “Trouxemos resultados de trabalhos como a Feira Coop e o Fórum das Cooperativas que foram acompanhados pelo Conselho. A reativação do Conecoop foi uma pauta de trabalho da Unicafes e estamos felizes por abrir esse canal de diálogo comum”, avaliou Antonino Cardozo.


PIB

O Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil, que é a soma de todas as riquezas produzidas pelo país, cresceu 0,4% na passagem do segundo para o terceiro trimestre deste ano.

Mais matérias
desta edição