app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5647
Mercado Alagoas

Confira os destaques da economia alagoana #MA02022024

.

Por Edivaldo Junior | Edição do dia 02/02/2024 - Matéria atualizada em 02/02/2024 às 04h00

Transição

Foi assinado pelo ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, e pelo diretor-executivo da agência, Fatih Birol, o Plano de Trabalho para a Aceleração da Transição Energética no Brasil com a Agência Internacional de Energia (IEA). A solenidade, realizada em Brasília, contou com a presença do presidente do Sindaçúcar-AL, Pedro Robério Nogueira.

Plano

O plano orientará a cooperação e as atividades bilaterais entre a AIE e o Brasil no período 24/25, fortalecendo o apoio à presidência brasileira da COP30, em 2025. Ele descreve as áreas prioritárias para cooperação na área da transição energética justa e inclusiva, além de propor workshops virtuais e presenciais, diálogos técnicos, consultas, relatórios, sessões de formação e capacitação, entre outros.

Pindorama

O presidente da Cooperativa Pindorama, Klécio Santos, declarou que a safra 23/24 deverá ser finalizada pela usina com a expectativa de crescimento em comparação com o ciclo passado.

Produção

A usina de Pindorama deverá produzir cerca de 1,3 milhão de sacos de açúcar e atingir a marca de 60 milhões de litros de etanol, tendo acréscimo de mais 16 milhões de litros de álcool produzidos a partir do milho e sorgo. Com isso, a usina, mais uma vez, deverá ter a maior produção de etanol de Alagoas, com 75 milhões de litros.

Sebrae

O presidente do Sebrae Nacional, Décio Lima, visita hoje pela primeira vez Alagoas e fará um balanço do volume de pequenos negócios abertos no estado em 2023. Ele vai se reunir com representantes da instituição, gestores públicos e parceiros. O encontro ocorre no Centro de Inovação de Jaraguá, às 16h.

Dados

Na oportunidade, Décio Lima apresentará dados inéditos apurados pelo Sebrae que mostram um balanço da abertura de micro e pequenas empresas no estado no ano passado.

Gás

A Petrobras reduziu, ontem, 1º, o preço do gás natural vendido pela estatal às distribuidoras em 2%, em média. Segundo a empresa, os contratos com as distribuidoras preveem atualizações trimestrais dos preços do produto.

Queda

Para o trimestre que começou na quinta-feira, de acordo com a Petrobras, as referências foram uma queda de 3,6% do petróleo e uma depreciação de 1,5% do real frente ao dólar. Ainda segundo a Petrobras, as distribuidoras com contratos vigentes em 2023 perceberam uma redução de 22,2% ao longo do ano.

Cozinha

A redução, que entrou em vigor ontem, não se refere ao preço do gás liquefeito de petróleo (GLP), ou seja, o gás de cozinha, que é envasado em botijões.

Sealba

Representando as cooperativas de Alagoas, a Unicafe-AL marcou presença nessa quinta-feira, 1º de fevereiro, no Sealba Show, em Itabaiana/SE. O evento expõe os produtos do agronegócio e valoriza a integração do setor entre os estados de Alagoas, Bahia e Sergipe.

Mais matérias
desta edição