app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5751
Mercado Alagoas

Confira os destaques da economia alagoana #MA03072024

.

Por Edivaldo Junior | Edição do dia 03/07/2024 - Matéria atualizada em 03/07/2024 às 04h00

Antecipação 

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) defendeu, nessa terça-feira (2), que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva antecipe o nome do sucessor de Roberto Campos Neto na presidência do Banco Central (BC). 

Benefícios

Em uma série de postagens na rede social X, o parlamentar argumentou que tal medida traria benefícios imediatos para o cenário econômico e político do país. "Antecipar o nome do BC só traz benefícios: diminui tensões, esvazia a emenda perdulária da independência e mostra o perfil do futuro presidente para a qualificação do banco", afirmou. 

Parcial 

O senador também fez uma distinção crítica entre a instituição e seu atual presidente: "O BC é autônomo, seu presidente atual não. A inércia diante da especulação óbvia é a prova cabal disso".

Pagamento

Levantamento do BC aponta que o percentual de operações com cartões de crédito feitas por aproximação cresceu de maneira significativa na comparação com outras formas de captura (tarja, chip e não presencial): de 23,1% para 31,1%, nas quantidades transacionadas nos últimos trimestres de 2022 e 2023.

Débito

Nas operações com a função débito, as transações por aproximação também cresceram de forma equivalente: de 24,4% para 35,2%, quando observado o mesmo período.

Desemprego

A Secretaria de Estado de Trabalho, Emprego e Qualificação (Seteq) informou que em um ano Alagoas registrou uma queda na taxa de desemprego de 10,6% para 9,9%, sendo a 4ª menor taxa de desemprego do Nordeste, ao lado da Paraíba (9,9%), atrás de Maranhão (8,4%), Ceará (8,6%) e Rio Grande do Norte (9,6%) e à frente de estados como Pernambuco (12,4%) e Bahia (14,0%).

Mulheres

As micro e pequenas empresas lideradas por mulheres têm uma participação maior de parentes que as empresas chefiadas por homens. É o que aponta a 7ª edição da pesquisa “Pulso dos Pequenos Negócios”, realizada pelo Sebrae. O levantamento mostra que quase 60% das empreendedoras (entre ME e EPP) têm parentes nas posições de sócios ou funcionários, contra 50% dos homens.

Lançamento

O programa Acredita Sebrae foi lançado, regionalmente, ontem, 02, com a visita do presidente do Sebrae Nacional, Décio Lima, e do presidente do Banco do Nordeste, Paulo Câmara, ao empreendimento localizado no bairro do Jacintinho, em Maceió. 

Acesso 

A parceria vai facilitar o acesso a empréstimos diretos aos empreendedores e reduzir as taxas de juros cobradas no mercado. Por meio do Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas, gerido pelo Sebrae, o banco vai conceder crédito a quem busca recursos para melhorar as condições de seus negócios.

Coop

O Encontro Estadual do Cooperativismo será realizado na próxima segunda-feira, 8, das 8h às 17h, no auditório Aqualtune, no Palácio República dos Palmares. O evento celebra a passagem do Dia Mundial do Cooperativismo, comemorado no primeiro sábado de julho.

Programação

A programação será composta por palestra, mesas temáticas e apresentação de cases de sucesso. Participam do evento cooperativas atuantes entre os sete ramos no estado. A entrada é gratuita e as inscrições estão sendo realizadas por meio de formulário disponível no perfil da Unicafes-AL no instagram - @unicafes.al.

Plano Safra

Nesta quarta-feira (3), o presidente Lula e o ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, lançam o Plano Safra 2024/2025. A cerimônia será realizada em Brasília, no Palácio do Planalto, às 15h.

Incentivos

O Plano Safra oferece linhas de crédito, incentivos e políticas agrícolas para produtores rurais. No âmbito do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) estão o crédito rural e os programas destinados a médios e grandes produtores.

Cesta

O deputado federal Pedro Lupion (PP-PR), presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), disse nessa terça-feira (2/7) que a bancada ruralista segue defendendo a inclusão das proteínas animais no rol de itens da cesta básica desonerada. Segundo ele, já há concordância do grupo de trabalho da Câmara Federal sobre o tema.

Reforma

"Parece que o grupo de trabalho concordou em incluir carnes na reforma tributária. Cabe a eles incluir ou não no relatório, mas se vier será muito positivo", afirmou em coletiva após reunião da FPA.

Mais matérias
desta edição