app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5712
Nacional

Tropas do Ex�rcito estar�o em 8 Estados no 2� turno

Brasília – Tropas do Exército deverão reforçar a segurança no segundo turno das eleições em oito Estados brasileiros. Entre os Estados que requisitaram a ajuda está o Rio de Janeiro. De acordo com ofício encaminhado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pe

Por | Edição do dia 20/10/2002 - Matéria atualizada em 20/10/2002 às 00h00

Brasília – Tropas do Exército deverão reforçar a segurança no segundo turno das eleições em oito Estados brasileiros. Entre os Estados que requisitaram a ajuda está o Rio de Janeiro. De acordo com ofício encaminhado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pela diretora-geral do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio, Soraya Motta Faria, o auxílio é imprescindível. “Reconheço que o processo eleitoral neste Estado transcorreu com normalidade”, afirmou a diretora. “Contudo, aponto como uma das razões, a extensa divulgação realizada pela grande mídia impressa e eletrônica junto à população das medidas adotadas por este regional, no sentido de assegurar o direito ao voto, para tanto, com a ajuda de policiamento ostensivo”, completou Soraya. Além do Estado do Rio de Janeiro, municípios do Acre, Amazonas, Bahia, Pará, Rio Grande do Norte, Roraima e Tocantins contarão com a ajuda de tropas federais no segundo turno. Em algumas localidades, existem aldeias indígenas, como em São Gabriel da Cachoeira, no Amazonas. O Piauí é o único Estado que teve tropas no primeiro turno, mas não as terá no segundo turno, informou o TSE. Propaganda O ministro Gerardo Grossi, do TSE, mandou suspender a divulgação de propaganda do PSDB do candidato presidencial José Serra que associava o PT às Forças Armadas Revolucionárias Colombianas (Farc) e estava sendo veiculada no Rio Grande do Sul no programa do horário eleitoral gratuito no rádio e na TV. Em sua decisão, tomada em caráter liminar, Grossi atendeu a um pedido da Coligação Frente Popular (PT-PCdoB-PCB e PMN), dos candidatos a presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a governador Tarso Genro, e lhes concedeu direito de resposta contra o PSDB. Desde ontem, a coligação Grande Aliança (PSDB-PMDB), de Serra, estava apresentando propaganda dizendo que o Jornal do Brasil noticiara a existência de textos da Secretaria de Educação do governo petista gaúcho exaltando as Farc, “as mesmas que treinaram Fernandinho Beira-Mar”, e afirmando que Lula deveria ir a debates na TV para explicar isso.

Mais matérias
desta edição