app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Nacional

Feliciano enfrenta novos protestos

Brasília, DF – Em reunião fechada ao público e esvaziada de parlamentares, o deputado Marco Feliciano (PSC-SP) enfrentou mais um dia de protestos na Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara. Em pouco mais de uma hora e meia de sessão, os deputado

Por | Edição do dia 18/04/2013 - Matéria atualizada em 18/04/2013 às 00h00

Brasília, DF – Em reunião fechada ao público e esvaziada de parlamentares, o deputado Marco Feliciano (PSC-SP) enfrentou mais um dia de protestos na Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara. Em pouco mais de uma hora e meia de sessão, os deputados se reuniram dentro do plenário com representantes da área indígena Mundurucu, enquanto do lado de fora da sala era possível ouvir vaias, gritos e protestos a favor e contra Feliciano. Mais cedo, ele havia pedido reforço da Polícia Legislativa para manter fechada a audiência pública. Durante a reunião da comissão, ele chegou a pedir à Polícia Legislativa que afastasse manifestantes que eventualmente atrapalhassem a fala de quem estava dentro da sala. Apenas cinco titulares da comissão estavam presentes na reunião, entre eles os deputados Jair Bolsonaro (PP-RJ) e Pastor Eurico (PSB-PE), aliados de Feliciano. O principal convidado da audiência, o cacique Valdenir Moris Boro Mundurucu, não pôde comparecer à sessão. Foi substituído pelo cacique Renã Mundurucu, de Brasília.

Mais matérias
desta edição