app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5750
Nacional

Paim defende sal�rio m�nimo de R$ 250,00

Sâo Paulo – O deputado Paulo Paim (PT-RS) defendeu o aumento do salário mínimo para R$ 250,00 mas disse que está disposto a negociar para R$ 240,00 e cobrou coerência do partido para que o futuro governo de Luiz Inácio Lula da Silva não decepcione os bras

Por | Edição do dia 21/11/2002 - Matéria atualizada em 21/11/2002 às 00h00

Sâo Paulo – O deputado Paulo Paim (PT-RS) defendeu o aumento do salário mínimo para R$ 250,00 mas disse que está disposto a negociar para R$ 240,00 e cobrou coerência do partido para que o futuro governo de Luiz Inácio Lula da Silva não decepcione os brasileiros. Paim, que foi eleito para o Senado Federal em outubro, falou ontem à tarde para um grupo de aposentados e pensionistas em um evento organizado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contage), em Brasília. “Defendo antes de mais nada um salário – miserável, diga-se de passagem, de R$ 250,00 – conforme está no meu relatório. Eu não mudo de posição. Temos que ter coerência na nossa conduta, para que não tenhamos 170 milhões de brasileiros decepcionados”, disse Paim. Atualmente o salário mínimo é de R$ 200,00 e o projeto orçamentário enviado ao Congresso pelo atual prevê uma reposição das perdas inflacionárias de 5%, o que significa um aumento para R$ 211,00. O comitê de receitas da Comissão Mista de Orçamento anunciou anteontem que uma reavaliação da arrecadação prevista para 2003 e um remanejamento de verbas pode permitir um aumento no salário mínimo para R$ 235,00. Em sua palestra, Paim defendeu também o pagamento da parcela do INSS relativa aos empresários de acordo com o faturamento bruto ou líquido de suas empresas e não sobre a folha de pagamento. Segundo o deputado, esse sistema iria beneficiar quem mais emprega, e não as empresas que faturam mais e empregam pouco, como acontece atualmente.

Mais matérias
desta edição