app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5736
Nacional

Ministro alerta para perda de R$ 25 bi

Brasília, DF – O ministro da Fazenda afirmou aos deputados do PSD que a meta do governo nos próximos anos é reduzir à metade a renúncia provocada pela desoneração da folha de pagamento. O governo não pode perder, neste ano, R$ 25,2 bilhões com a desonera

Por | Edição do dia 20/05/2015 - Matéria atualizada em 20/05/2015 às 00h00

Brasília, DF – O ministro da Fazenda afirmou aos deputados do PSD que a meta do governo nos próximos anos é reduzir à metade a renúncia provocada pela desoneração da folha de pagamento. O governo não pode perder, neste ano, R$ 25,2 bilhões com a desoneração da folha de pagamento de 56 setores da economia. Esse é o número, segundo o ministro, que vai impactar o Orçamento, se o PL 863/15 não for aprovado pelo plenário da Câmara. Caso a proposta passe, a renúncia de receita cairia para R$ 12,4 bilhões. A afirmação é do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, que participou ontem de uma reunião da bancada do PMDB na Câmara dos Deputados. O plenário da Câmara deveria analisar ontem o projeto do governo que aumenta as alíquotas pagas pelas empresas sobre o faturamento anual para financiar a Previdência Social, mas foi retirado de pauta após a reunião de líderes. O projeto faz parte do ajuste fiscal do governo. A sobrecarga vai reduzir a renúncia deste ano. As empresas que pagam a alíquota de 1% sobre o faturamento vão pagar, segundo o PL 863, 2,5%. As que recolhem 2% passarão a desembolsar 4,5% de alíquota.

Mais matérias
desta edição