app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5729
Nacional

Cerver� � condenado a 5 anos de pris�o

Curitiba, PR – O ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró foi condenado, ontem, a cinco anos de prisão – em regime, inicialmente, fechado – pelo crime de lavagem de dinheiro. A decisão é do juiz federal Sérgio Moro, responsável pelas ações da Operação Lava

Por | Edição do dia 27/05/2015 - Matéria atualizada em 27/05/2015 às 00h00

Curitiba, PR – O ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró foi condenado, ontem, a cinco anos de prisão – em regime, inicialmente, fechado – pelo crime de lavagem de dinheiro. A decisão é do juiz federal Sérgio Moro, responsável pelas ações da Operação Lava Jato. Cerveró foi acusado pelo Ministério Público de adquirir um apartamento de luxo no Rio de Janeiro com dinheiro que teria recebido como propina na Petrobras. “O imóvel teria sido adquirido com produto de crimes de corrupção praticados por Nestor Cerveró no exercício do cargo de Diretor Internacional da Petróleo Brasileiro S/A [Petrobras]”, diz o despacho do juiz. O imóvel, que fica em Ipanema, foi avaliado em R$ 7,5 milhões. Ele está registrado em nome da empresa Jolmey do Brasil – que, segundo o Ministério Público Federal, é de propriedade de Cerveró. Segundo denúncia contra ele, o ex-diretor recebia propinas em contratos da Petrobras e lavava esse dinheiro no Uruguai, transferindo os valores para a empresa offshore Jolmey S/A.

Mais matérias
desta edição