app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Nacional

Barbosa v� ‘aperto’ por dois anos

São Paulo, SP – O ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Nelson Barbosa, afirmou ontem que uma “demanda reprimida” por serviços de infraestrutura vai ajudar a permitir uma retomada do nível de investimentos no País já no final de 2015 e, “sobretudo

Por | Edição do dia 02/06/2015 - Matéria atualizada em 02/06/2015 às 00h00

São Paulo, SP – O ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Nelson Barbosa, afirmou ontem que uma “demanda reprimida” por serviços de infraestrutura vai ajudar a permitir uma retomada do nível de investimentos no País já no final de 2015 e, “sobretudo, a partir do ano que vem”. A declaração foi feita em evento sobre o ajuste fiscal realizado na Fundação Getulio Vargas (FGV), em São Paulo. O ministro também defendeu o ajuste fiscal do governo e afirmou que ele precisa ser mais veloz no Brasil que em outros países – inclusive em relação aos vizinhos da América Latina – devido à alta taxa de juros, que ele definiu como um “remédio necessário para trazer a inflação ao centro da meta”. “No Brasil, a taxa de juros paga na dívida pública do governo é muito alta em termos reais, por isso precisamos de um esforço fiscal mais rápido”, explicou o ministro. Barbosa disse acreditar que a redução dos aportes aos bancos públicos ajuda a reduzir “implicitamente” essa taxa no Brasil, uma das principais condições para aumentar a produtividade no País, segundo o ministro. Segundo ele, o aperto vai durar pelo menos até 2017, mas o governo trabalha com expectativa de recuperação até o fim do próximo ano.

Mais matérias
desta edição