app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5731
Nacional

Dilma assume dificuldade com Minha Casa

São Paulo, SP – A presidente Dilma Rousseff reconheceu ontem que o governo federal terá dificuldade e precisará “suar a camisa” para entregar mais três milhões de moradias prometidas para a terceira etapa do programa Minha Casa Minha Vida. “Vamos deixar

Por | Edição do dia 05/09/2015 - Matéria atualizada em 05/09/2015 às 00h00

São Paulo, SP – A presidente Dilma Rousseff reconheceu ontem que o governo federal terá dificuldade e precisará “suar a camisa” para entregar mais três milhões de moradias prometidas para a terceira etapa do programa Minha Casa Minha Vida. “Vamos deixar contratadas mais três milhões de moradias. Vai ser difícil fazer as três milhões, mas nós vamos suar a camiseta para fazê-las. Eu não digo que todas vão estar prontas, mas vão estar contratadas”, afirmou a petista. Dilma esteve em Campina Grande (PB) ontem para entregar 1.948 unidades do programa habitacional que é vitrine do governo. O investimento nas obras foi de R$ 91,3 milhões, segundo o governo federal, e beneficiou cerca de 7.800 pessoas com renda familiar mensal de até R$ 1.600. Na primeira fase do Minha Casa Minha Vida, foram entregues um milhão de unidades habitacionais. Na segunda, foram feitas mais 2,75 milhões de casas. A terceira fase prevê a construção de três milhões de moradias até 2018. Até agora, segundo o governo, já foram beneficiadas mais de 9,2 milhões de pessoas.

Mais matérias
desta edição