app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Nacional

Renan nega envolvimento no esquema

Brasília, DF – O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), negou, em depoimento prestado à Polícia Federal (PF) no dia 31 de agosto, ter recebido propina do esquema de corrupção investigado na Operação Lava Jato. A pedido do procurador-geral da Rep

Por | Edição do dia 12/09/2015 - Matéria atualizada em 12/09/2015 às 00h00

Brasília, DF – O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), negou, em depoimento prestado à Polícia Federal (PF) no dia 31 de agosto, ter recebido propina do esquema de corrupção investigado na Operação Lava Jato. A pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, Renan responde a inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF) junto com o deputado federal Aníbal Gomes (PMDB-CE). Na oitiva, o senador considerou absurdas as acusações do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa de que teria tratado de comissionamento sobre contratos da Diretoria de Abastecimento da empresa. O parlamentar disse aos delegados que, se tivesse conhecimento dos fatos, teria “tomado as providências cabíveis”.O senador disse acreditar que possam ter sido feitas a pedido de alguém, mas ressaltou que não tinha condições de dizer quem poderia ter influenciado o ex-diretor da Petrobras. Em julho, o ex-diretor da estatal disse que Renan teria um “representante” (deputado Aníbal Gomes) que teria negociado com ele.

Mais matérias
desta edição